Esportes

Real Madrid gastará R$ 1,4 bilhão para reformar o estádio

Esse estádio é um dos ícones emblemáticos da cidade e desejamos transformá-los num dos melhores estádios do mundo e um símbolo
Fonte: Terra | Editor: Paulo Brandão 11/10/2016 22:52 - Atualizado em 03/11/2016 03:52
Santigo Bernabéu Santigo BernabéuFoto: Real Madrid FC

Real Madrid revelou nesta terça-feira que conseguiu chegar a um acordo com a Câmara Municipal de Madri para o projeto de reforma do Estádio Santiago Bernabeu. Com um valor orçado na casa dos € 400 milhões (R$ 1,4 bilhão), a nova casa dos Galácticos terá a sua capacidade ampliada, um teto retrátil e um painel de LED nos entornos.

"Hoje é um dia muito importante para o Real Madrid", anunciou o presidente Florentino Pérez. "Através desse consenso e deste acordo, faremos uma espetacular transformação do Santiago Bernabeu. Esse estádio é um dos ícones emblemáticos da cidade e desejamos transformá-los num dos melhores estádios do mundo e um símbolo indiscutível da força do nosso capital. "

Inaugurada em 1947, a casa do clube merengue atingira uma capacidade de 84 mil lugares - três mil a mais do que atualmente. Há anos que a equipe tenta reformar o estádio, mas sofria com as proibições impostas pela cidade. Neste caso, o acordo foi anunciado ao lado da prefeita de Madri, Manuela Carmena.

"Esse estádio vai atuar como dinamizador econômico e turístico e vai também contribuir para potencializar a imagem da nossa cidade. Esse projeto vai também incluir a melhoria de todo o espaço urbano em volta do estádio. Os vizinhos vão poder desfrutar de uma área remodelada e mais sustentável", argumentou Pérez.

O plano inicial do clube era construir um hotel e um shopping junto com o estádio, mas isso foi negado. O presidente garantiu que o Santiago Bernabeu manterá o seu nome e talvez ganhe um 'sobrenome' de um patrocinador. Isto é, venderá os naming rights. As obras terão início no meio do próximo ano e tem a expectativa de estar finalizada em 2020.

Comentários

Matérias Relacionadas