Política

"PSDB não pode ser agência de voto de deputado estadual"

A fala de Firmino Filho é uma alfinetada em Marden Menezes
Fonte: PSDB | Editor: Paulo Pincel 08/03/2019 14:38
Firmino Filho em clima de descontração na Câmara Firmino Filho em clima de descontração na CâmaraFoto: PMT

O fiasco da campanha de Luciano Nunes a governador do Piauí em 2018 ainda não foi digerida pelos tucanos, que desde então trocam farpas na mídia, principalmente nos portais de notícia. Embora ninguém cite esse ou aquele nome, as declarações têm destinatário e endereço certos.

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, defende que as lideranças do PSDB sentem e definam novos nomes para oxigenar o partido, “a renovação das lideranças”, como ele diz, a reconstrução do PSDB, “para em 2020 ter uma presença maior no estado. O PSDB não pode ser agência de votos para deputados estaduais”, alfinetou.

Firmino defende que o partido tenha uma bandeira e um significado para o eleitor do Piauí – e não apenas de Teresina - como acontece em nível nacional.

"O PSDB errou na estratégia. Foi uma estratégia equivocada. A derrota foi anunciada. O que passou, passou. Deve servir de lição para não se cometer mesmos erros do passado. Na vida se acerta e erra. Quando se erra temos que ter humildade para reconhecer e aprender com os erros. É importante que o partido possa se reunificar para continuar tendo um papel importante", defendeu Firmino.

O deputado Marden Menezes, que anda distante do Palácio da Cidade, recebeu no gabinete na Assembleia Legislativa, o presidente do Democratas, Ronney Lustosa, para discutir a sucessão de Firmino Filho em 2020. Marden filosofou ao final do encontro , de que uma candidatura "não é construída por uma só parte, mas pelo sentimento coletivo".

Comentários