Geral

Projeto realiza digitalização de documentos seculares de igrejas de Oeiras e Picos

O projeto faz parte do programa de extensão "Restauração, Catalogação e Digitalização de documentos do Piauí" inserido no Núcleo de Pesquisa e Documentação
Fonte: Prexc/UFPI | Editor: Da Redação 25/03/2019 20:39
Digitalização de documentos Digitalização de documentosFoto: Prexc/UFPI

Os documentos eclesiásticos, livros e tantas outras escrituras avulsas referentes aos registros de batismos, óbitos e casamentos, compõem o patrimônio histórico e cultural da Igreja Católica e da humanidade.

Com o objetivo de preservar esse material histórico, o projeto de extensão "História na comunidade: digitalização de documentos eclesiásticos na cidade Jaicós" desenvolvido por estudantes do campus Senador Helvídio Nunes de Barros, visa prolongar a vida útil dos documentos e garantir o acesso às informações para gerações futuras.

A preservação se inicia a partir da coleta a documentação em Jaicós (PI). Após esse procedimento é realizado o transporte do material para o laboratório, onde ocorre a higienização, catalogação e a digitalização.

O coordenador do projeto, o Prof. Dr. Francisco Gleison da Costa Monteiro explica que tanto a comunidade como a diocese se beneficiam com o projeto, pois quando o pública vai à paroquia, não se faz necessário a consulta dos livros, um a vez que estão em processo de deterioração.

Ele ainda destaca que os alunos ganham experiência com o manuseio de documentos antigos, além de aprendem o processo de catalogação e interpretação da documentação, muitos do século de XIX.

O 1º etapa do projeto foi concluída. A 2º prevê a conclusão da digitalização dos documentos da diocese de Picos.

O projeto faz parte do programa de extensão "Restauração, Catalogação e Digitalização de documentos do Piauí" inserido no Núcleo de Pesquisa e Documentação em História (NUPEDOCH) e é vinculado à Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PREXC) da UFPI.

Comentários