Educação

Profbio da Uespi é o segundo mais procurado do Brasil

O programa está com as inscrições abertas até esta quinta-feira (08)
Fonte: CCOM | Editor: Redação 06/06/2017 13:26
UESPI UESPIFoto: Reprodução

A Universidade Estadual do Piauí (Uespi) é a segunda instituição mais procurada do Brasil no Mestrado Profissional em Ensino de Biologia em Rede Nacional (Profbio). Até o momento, a Uespi conta com 131 inscritos para 18 vagas, ficando atrás apenas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que recebeu 137 inscritos. As inscrições se estendem até dia 8 de junho.

O programa é organizado em parceria com a UFMG e visa contribuir para o aumento da qualidade da capacitação de professores para atuarem no ensino básico e na pós-graduação stricto sensu. Com regime semipresencial e de abrangência nacional, o Profbio conduz os alunos ao título de Mestre em Ensino de Biologia. Este ano, o programa ofertou, em sua totalidade, 446 vagas distribuídas de acordo com a necessidade de cada instituição associada no Brasil.

O Profbio, primeiro mestrado em Biologia ofertado na Uespi, é um programa de pós-graduação stricto sensu de Ensino de Biologia em rede nacional reconhecido pela Coordenação de Pessoal de Nivel Superior (Capes) do Ministério de Educação. Tem como objetivo a qualificação profissional de professores de biologia em efetivo exercício de conteúdo em relação às estratégias de facilitação do processo de ensino-aprendizagem da Biologia em sala de aula.

Atualmente, o programa tem como coordenadora na Uespi, Francisca Lúcia, do Departamento de Biologia. Há diversas linhas de pesquisa no mestrado sendo extremamente importante no contexto nacional.
Mestrados profissionais na Uespi

O pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação (Prop), Geraldo Luiz, explicou, de forma detalhada, que os três programas de pós-graduação em rede (Profbio,Profmat e Profletras) congregam, articulam e introduzem uma nova cultura científica. Isso ocorre porque os programas formam equipes multidisciplinares de pesquisadores, com uma mentalidade de trabalho em projetos integrados, transversais e interinstitucionais, com grande compartilhamento de informações.

Para Geraldo, essa nova etapa ampliou possibilidades de se submeter projetos com qualidade. “Esses programas aumentam a qualificação de professores da educação básica em cada uma dessas respectivas áreas. A Uespi foi fundada com o objetivo de formar professores, estamos atendendo a população piauiense, nordestina e brasileira no que diz respeito à formação em nível de graduação de licenciados e contribuindo de forma significativa para o aumento da qualidade do ensino básico, e agora com esses três programas, e o Profbio se iniciando, passamos a contribuir ainda mais para a formação de professores, produção e projetos de pesquisas que possibilite a melhoria da educação”, finaliza Luiz.

Em âmbito de produção de pesquisa, os programas de pós-graduação da Uespi são referência para o estado do Piauí. Atualmente, a universidade disponibiliza cinco mestrados, sendo três deles em rede (parcerias com outras universidades), e dois acadêmicos ofertados pela própria instituição: Letras e Química.

Inscrições

A inscrição deverá ser feita exclusivamente pela internet, na página eletrônica da Copeve até as 17h (horário oficial de Brasília) do dia 8 de junho de 2017. A taxa de inscrição é de R$ 200.

Só poderá concorrer a uma das vagas o candidato que atender a todos os seguintes requisitos: Ser portador de diploma de curso superior em Ciências Biológicas, Biologia ou Ciências com habilitação em Biologia, devidamente registrado no Ministério da Educação; Ser professor de Biologia do Ensino Médio em Escola da Rede Pública de Ensino do Brasil, regularmente admitido; Estar ministrando aulas de Biologia em qualquer ano do Ensino Médio.

Aulas

O Profbio inicia as aulas na Uespi no segundo semestre de 2017. O candidato classificado deverá estar em efetivo exercício de docência em Biologia, no Ensino Médio na Rede Pública de Ensino do país, enquanto permanecer cursando o programa.
Será exigido do candidato, até o 12º mês de ingresso no curso, a comprovação de proficiência em um idioma estrangeiro (inglês, francês ou espanhol).

As instruções específicas sobre o comprovante de proficiência estarão disponíveis no site da instituição Associada na qual o candidato fará o curso ou no site da sede.

Comentários

Matérias Relacionadas