Municípios

Processo seletivo contrata brigadistas para Uruçuí

São ofertadas 10 vagas para brigadista, duas para brigadista chefe esquadrão e uma vaga para brigadista chefe de brigada.
Fonte: Governo do Piauí | Editor: Redação 21/05/2018 14:20
Profissionais irão atuar em prevenção e combate a incêndios florestais em Uruçuí Profissionais irão atuar em prevenção e combate a incêndios florestais em UruçuíFoto: Ascom Semar

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Uruçuí, em parceria com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar), abre edital de processo seletivo simplificado para provimento de vagas de brigadista; chefe de esquadrão e chefe de brigada. Os profissionais irão atuar em prevenção e combate a incêndios florestais no município.

São ofertadas 10 vagas para brigadista, duas para brigadista chefe esquadrão e uma vaga para brigadista chefe de brigada. Os salários variam de R$ 954 a R$ 1.908, mais adicional de 30% de periculosidade. As inscrições são gratuitas, sendo online, até o dia 17 de junho de 2018, pelo endereço eletrônico meioambiente.urucui@gmail.com. O edital está disponível no endereço http://www.semar.pi.gov.br/download/201805/SM21_835ba73a09.pdf.

A atuação dos brigadistas é necessária por conta do aumento do índice de incêndios florestais que deve ocorrer a partir do mês de julho, quando aumentam as temperaturas e diminuem as precipitações pluviométricas e de baixa umidade do ar. “Já em junho, a Semar, em parceria com o Prevfogo/Ibama, se prepara para enfrentar a temporada de ocorrência de incêndios florestais no estado, que encontra-se inserido em declaração de estado de emergência ambiental do Ministério do Meio Ambiente, conforme a portaria nº 47 de março de 2018”, enfatiza o auditor fiscal Ambiental Carlos Eduardo Silva.

Visando dar continuidade às ações desenvolvidas no Projeto Procerrado, executado pela Semar em anos anteriores, a instituição, em parceria com os municípios e com o Prevfogo/Ibama, inicia a preparação para o desenvolvimento de ações de prevenção e combate aos incêndios florestais pela região dos Cerrados do Piauí e visa não só à conservação da diversidade biológica da região, mas evitar tragédias e desastres causados pelos incêndios, que a partir de julho se intensificam.

As ações terão início no fim do mês de junho e início de julho em cerca de 11 municípios e dentre as quais pode-se destacar a criação de brigadas, o treinamento de comunitários em técnicas de prevenção, controle e combate a incêndios, bem como a execução de palestras em comunidades rurais abordando sobre o correto uso do fogo nas atividades rurais.

Apesar das ações iniciarem na região dos cerrados, onde serão formadas três brigadas de combate a incêndios florestais, treinados comunitários em técnicas de queima controlada que visam evitar a ocorrência de incêndios durante o manuseio do fogo em práticas agrossilvopastoris, e de ações informativas em comunidades rurais sobre o correto uso do fogo nas atividades rurais que demandam o uso do fogo como ferramenta, também serão desenvolvidas ações em municípios da região norte do estado e do Vale do Gurguéia.

Comentários