Geral

Primo do diretor do HUT morre com suspeita de H1N1

Segunda morte suspeita da doença na capital
Fonte: Redação Piauí Hoje | Editor: Alinny Maria 07/05/2018 09:18
Dr Gilberto Albuquerque e o primo Luís Albuquerque Dr Gilberto Albuquerque e o primo Luís AlbuquerqueFoto: Reprodução/WhatsApp

O empresário Luís Machado de Albuquerque, primo do diretor do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), Gilberto Albuquerque, morreu nesse domingo (6) com suspeita de Influenza A, conhecida também como gripe H1N1.

Luís deu entrada na unidade hospitalar com problema respiratório mais grave e foi submetido ao exame de H1N1. Seu quadro clínico se agravou e ele faleceu na madrugada de ontem. O resultado do exame vai confirmar se Luís realmente contraiu o vírus H1N1.

Outro caso

A Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS) confirmou a primeira morte em decorrência da Influenza A. A vítima é um motorista da Secretaria de Saúde do PIauí (Sesapi) de iniciais F.L.S., de 52 anos. O corpo foi sepultado com o caixão lacrado por conta do protocolo de suspeita.

A FMS alerta que pessoas com doenças crônicas que apresentem síndrome gripal aguda devem procurar atendimento médico mais próximo para que sejam tomadas as medidas cabíveis.

Em Teresina. 52 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave estão sendo investigados pelo laboratório. Até o momento, sete casos da Influenza A já foram confirmados este ano.

Comentários