Polícia

Presos suspeitos de arrastões em residências no Ininga

Os suspeitos foram presos após manter uma família refém no bairro e são os mesmos que atiraram na esposa do coronel Paulo de Tarso
Fonte: PC-PI | Editor: Alinny Maria 16/04/2019 08:09
Delegado Canabrava Delegado CanabravaFoto: Divulgação/Polícia Civil

Os três homens que foram presos na madrugada dessa segunda-feira (16) quando mantinham uma família refém no bairro Ininga , na zona Leste de Teresina, são os mesmos envolvidos na tentativa de homicídio contra a esposa do coronel Paulo de Tarso, baleada durante tentativa de assalto em fevereiro deste ano. A informação é do delegado Ademar Canabrava, titular do 12º Distrito Policial.

O trio foi preso após a polícia negociar a libertação da família que estava mantida refém dentro da residência onde os bandidos realizavam arrastão. Segundo o delegado Ademar Canabrava, esses suspeitos já vinham sendo investigados e a polícia tem certeza de que são os mesmos que praticaram o crime contra a esposa do coronel.

“Eles foram presos em flagrante e agora estamos representando pelas prisões preventivas destes elementos”, disse Canabrava.

Os suspeitos ainda não tiveram os nomes revelados e eles são membros de uma quadrilha especializada em arrastões a residências na zona Leste, principalmente no bairro Ininga, que vem sendo alvo desses crimes frequentemente.

O delegado disse ainda que a quadrilha deve receber a ordem de dentro dos presídios para atuar nessa região, pois o poder aquisitivo é maior e os bandidos conseguem levar joias e veículos. “Vamos acabar com esses arrastões”, garante o delegado Ademar Canabrava.

Comentários