Polícia

Preso vereador e idosos que fraudavam benefícios do INSS

O vereador Raideam Silva Conceição seria o "cabeça " da organização e aliciava aposentados para o crime
Fonte: Diário On Line | Editor: Luiz Brandão 05/10/2017 18:33
O vereador Raideam Conceição aliciava os idosos para o crime O vereador Raideam Conceição aliciava os idosos para o crimeFoto: Diário On Line

Agentes da Polícia Federal desbarataram, na tarde de quarta-feira (04) no interior do Maranhão, uma quadrilha que falsificava documentos para obter benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS, de forma fraudulenta. Quatro idosos e um vereador foram presos.

A ação partiu de servidores do INSS, que acionaram a Polícia Federal por desconfiarem de duas mulheres que tentavam transferir benefícios previdenciários do Maranhão para a Agência de Castanhal (PA).

Os policiais interrogaram as mulheres. Elas entraram em contradição várias vezes e apresentaram vários nomes para identificá-las. Elas acabaram por admitir toda a fraude e apontaram o vereador Raideam Silva Conceição, da cidade de Itinga (MA) como sendo o "cabeça " da investida criminosa.

Os idosos presos

Os idosos Francisco Ferreira Gonçalves e Agripino Moreira da Silva

Além do vereador, na operação da PF foram presos os idosos Francisco Ferreira Gonçalves, Agripino Moreira da Silva e as mulheres Luciene da Silva Santana e Maria Irismar Ferraz da Silva.

Durante a operação, os policiais descobriram que o vereador Raideam estava na cidade de Castanhal acompanhado de outros idosos que também estariam fraudando a Previdência. Por volta das 19 horas, policiais civis do Maranhão prenderam o vereador.

De acordo com a Polícia Civil do Maranhão, no carro do vereador, além dos dois idosos, foram encontrados várias certidões de nascimento, carteiras de identidade, CPF's, cartões bancários, extratos previdenciários e requisições de benefícios.

A idosas presas

Luciene da Silva Santana e Maria Irismar Ferraz da Silva também foram presas

Cada idoso preso possuía de duas a quatro carteiras de identidade com nomes diferentes. Em depoimento eles admitiram as fraudes e apontaram o vereador como sendo o "cabeça " da organização criminosa e aliciava aposentados para o crime.

O vereador usou o direito de permanecer calado e não respondeu ao interrogatório dos policiais. Mas todos foram autuados em flagrante pelos crimes de associação criminosa, falsificação de documento públicos, uso de documento falsos e estelionato.

Documentos apreendidos
Os documentos apreendidos no carro do vereador Raideam Silva Conceição

Comentários