Política

Presidente do TCE quer a devolução de verbas públicas desviadas

Olavo Rebelo destacou o trabalho da Rede de Combate à Corrupção
Fonte: Paulo Pincel | Editor: Alliny Maria 28/08/2018 09:17
Presidente do TCE-PI, conselheiro Olavo Rebelo Presidente do TCE-PI, conselheiro Olavo RebeloFoto: TCE-PI

O presidente do Tribunal de Contas do Piauí (TCE-PI), Olavo Rebelo, entende que não basta apenas desaprovar contas, denunciar gestores, prender acusados de desvio de recursos públicos. “É preciso fazer a reposição do dinheiro público. Não adianta apenas punir, nós temos que ir atrás do que foi surrupiado pelos gestores desonestos”,defendeu o conselheiro.

Olavo Rebelo elogiou o trabalho da Rede Combate à Corrupção, pelo TCU, TCE-PI, Ministério Público Estadual e Federal, Receita Federal, Polícia Federal e Polícia Civil, que vem atuando na investigação, denúncia e prisão dos acusados de desvios de milhões de reais dos cofres públicos no Piauí

“Nós hoje temos um setor específico em que o Tribunal de Contas juntamente com o Ministério Público aciona a Justiça para conseguir o retorno desses recursos”, ressaltou Olavo.

“O nosso papel é esse de orientar e de coibir. Nós estamos em alerta, mas sempre tem aquele que estão trabalhando para descumprir a lei, o ser humano é assim mesmo. O que nós queremos é cumprir o nosso papel com acerto e, com certeza, minimizar esse tipo de atitude predatória que existe no seio dos gestores que ainda insistem, persistem, querendo onerar os cofres públicos além daquilo que dever ser onerado, com todo tipo de propina”, acrescentou.

Comentários