Esportes

Presidente do Flamengo garante Zé Ricardo como técnico em 2017

O dirigente já vinha falando que o treinador permaneceria na Gávea para 2017, mas preferiu se posicionar de maneira oficial
Fonte: ESPN | Editor: Redação 10/11/2016 12:40 - Atualizado em 18/11/2016 20:19
Zé Ricardo Zé RicardoFoto: Gazeta Esportiva

O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, concedeu uma entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira, no Ninho do Urubu, e oficializou a permanência do técnico Zé Ricardo para a próxima temporada.

O dirigente já vinha falando que o treinador permaneceria na Gávea para 2017, mas preferiu se posicionar de maneira oficial. Na visão dele os jornalistas já esperavam por isso, uma vez que o Rubro-Negro está praticamente garantido na próxima Libertadores e ainda tem chances de conquistar o título do Campeonato Brasileiro.

"Acredito que todos já esperavam pela permanência do Zé Ricardo. Ontem, quando falei a alguns sobre isso, a repercussão foi grande e gerou surpresa. A renovação dele para mim sempre foi algo muito natural. Se o ano está acabando e vai começar outro, não é culpa nossa. Está fazendo um grande trabalho, então continua", disse Bandeira.

O dirigente também falou que o clube deverá renovar o contrato do volante Márcio Araújo, que vai chegar ao fim em dezembro. Já a permanência de outras peças do elenco, como Fernandinho e Leandro Damião, emprestados por Grêmio e Santos, respectivamente, ainda é uma incerteza.

"Se existe alguém no clube que está desempenhando bem o seu papel tem que permanecer. Não há motivo para descontinuar. Esse é um assunto de competência do nosso departamento de futebol. Porém, acho que já é público que nossa avaliação do Márcio é muito boa e estamos trabalhando para que ele continue conosco", afirmou.

Maracanã

Bandeira de Mello não desconversou quando questionado sobre o futuro do Maracanã. O dirigente pretende conseguir a administração do estádio via concessão, mas sabe que o Governo do Estado também pensa em licitação. Por isso, mandou seu recado.

"Todo mundo sabe que o Maracanã para ser viável depende do Flamengo. Seja através de uma nova licitação, através da transferência da concessão. Não vejo saída melhor que não seja o Flamengo como protagonista. Se inventarem alguma solução com algum grupo estranho, que venha assumir e pretenda contar com o Flamengo para ter lucro, vão quebrar a cara. O Flamengo sobrevive sem o Maracanã. Não sei se o Maracanã sobrevive sem o Flamengo", disse Bandeira, que pretende buscar a construção de um estádio caso o Maracanã não seja o destino.

Dentro de campo o elenco do Flamengo trabalhou em campo nesta quinta-feira, mas a atividade foi fechada para a imprensa. O time se prepara para o duelo contra o América-MG na próxima quarta, às 21h45 (de Brasília), na Arena Independência, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Comentários

Matérias Relacionadas