Municípios

Prefeitos vão à Brasília cobrar recurso, mas Temer não os recebeu

Os gestores foram recebidos pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia
Fonte: Redação 04/10/2017 13:13
Gil Carlos Gil CarlosFoto: Divulgação

A comitiva de prefeitos piauienses esteve nessa terça-feira (3) acompanhada de lideranças do movimento municipalista no Congresso Nacional para cobrar de parlamentares respostas do Legislativo e do Executivo Federal, em relação à crise financeira pela qual passam os Municípios. Entre as pautas, estavam inclusas ações sobre os repasses dos recursos do Apoio Financeiro aos Municípios (AFM).

Na oportunidade, os gestores foram recebidos pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que se comprometeu em falar com o presidente da República, Michel Temer, sobre o AFM para este ano. “Tenho prazer de pedir ao presidente para fazer o que for possível. Me coloco à disposição dos prefeitos, tenho certeza de que o presidente Temer terá boa vontade para encontrar solução de curto prazo”, disse.

O presidente da Associação Piauiense de Municípios, Gil Carlos, destaca o objetivo do movimento. “Estivemos reunidos juntamente com vários prefeitos brasileiros buscando soluções para nossos municípios. Queremos rever o pacto federativo, e o nosso objetivo maior é encontrar soluções para que sejam transferidas aos municípios as condições necessárias dos recursos, para que tenhamos as soluções concretas para os problemas de cada um deles”, afirma.

Gil Carlos, ainda destacou a relevância do movimento. “Foi uma grande mobilização e um passo importante para debater a reforma tributária e ter conhecimento sobre como será realizada a partilha dos recursos, os prefeitos estão motivados, e ressaltamos a importância da comunidade em acompanhar os atos administrativos de perto, para juntos avançarmos e criarmos ações necessárias para o Brasil superar sua crise”, destaca.

A prefeita da cidade de Capitão Gervásio Piauí, Gabriela Coelho, falou sobre a necessidade do apoio financeiro aos municípios. “Estivemos em Brasília representando todos os municípios do Brasil, pedindo apoio financeiro junto ao presidente Michel Temer. Infelizmente, não fomos recebidos por ele, mas estamos satisfeitos, porque entregamos a pauta. Contamos com o apoio da Confederação Nacional dos Municípios, e em breve voltaremos à Brasília, buscando melhorias para os nossos municípios”, disse.

Entre as matérias prioritárias do movimento, foram destacadas aquelas que abordam parcelamento da dívida dos precatórios, correção do piso de magistério, resíduos sólidos e consórcios. Na ocasião, os gestores também se reuniram com a senadora Regina Sousa.

Comentários