Municípios

Prefeito de Picos sanciona lei que concede reajuste salarial de 2,95%

O projeto foi aprovado por unanimidade pela Câmara de Picos em duas sessões realizadas dia 24 de maio
Fonte: Jornal de Picos | Editor: Redação 03/06/2018 12:47
Padre Walmir Padre WalmirFoto: Divulgação

Ignorando a posição contrária do Sindserm, o prefeito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT), sancionou na última terça-feira, 29, o projeto de lei concedendo um reajuste salarial de 2,95% aos servidores públicos municipais lotados nas secretarias de Saúde e Administração. O índice é um pouco acima da inflação dos últimos doze meses, que ficou em 2,76%.

De autoria do Executivo o projeto foi aprovado, por unanimidade, pela Câmara Municipal de Picos em duas votações realizadas no dia 24 de maio. Na última terça-feira, 29, o Padre Walmir sancionou a lei com efeitos retroativos ao dia 1º do mês passado. Cópia da lei com a sanção do prefeito Padre Walmir foi publicada no Diário Oficial dos Municípios, edição do último dia 30 de maio, na página 171.

Pela lei, fica reajustado em 2,95% o vencimento pago aos servidores públicos efetivos, beneficiários do Plano de Cargos, Carreira e Salários da Administração Direta e Indireta do Município de Picos. Também aos servidores públicos municipais vinculados a Lei nº 2587/2014, que criou o Plano de Cargos, Carreira e Salários dos servidores do quadro permanente da Secretaria Municipal de Saúde, aos médicos, enfermeiros e dentistas.

Alegando perdas anteriores, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Picos (Sindserm) queria um aumento de 6,80%. No entanto, o índice foi negado pelo prefeito Padre Walmir, que fixou o aumento em 2,95%, um pouco acima da inflação dos últimos doze meses.

Comentários

Matérias Relacionadas