Política

Prefeito de Picos tem mandato cassado pela Justiça Eleitoral

A justiça determina o afastamento imediato do prefeito e seu vice
Fonte: Redação Piauí Hoje | Editor: Alinny Maria 11/07/2018 12:17
Prefeito de Picos, Padre Walmir Prefeito de Picos, Padre WalmirFoto: Picos 40 Graus

A Justiça Eleitoral, por meio do juiz José Airton M de Sousa, da 62ª zona eleitoral de Picos, julgou procedente a ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) proposta pela coligação “Pra Cuidar da Nossa Gente”, criada pelo ex-prefeito Gil Paraibano (Progressista) e cassou o mandato do atual prefeito de Picos, Padre Walmir de Lima (PT) e de seu vice, Edilson Alves de Carvalho (PTB). A decisão foi publicada na manhã dessa quarta-feira (11) e determina o afastamento imediato dos dois.

De acordo com a decisão, Padre Walmir e seu vice irão ficar inelegíveis por oito anos. Os dois foram denunciados pela coligação de Gil Paraibano de ter cometido irregularidades como abuso de poder político e econômico durante as eleições de 2016

O Ministério Público Eleitoral, por meio da promotora Ana Cecília Rosário Ribeiro, emitiu parecer favorável pela condenação do Padre Walmir de Lima e de seu vice. Os dois poderão recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral (TER).

Comentários