Política

Prefeito de Batalha reduz o próprio salário e de cargos comissionados em 20%

O decreto entrou em vigor nessa sexta-feira (1)
Fonte: Folha de Batalha | Editor: Alinny Maria 02/12/2017 16:43
Preito de Batalha, João Messias (PP) Preito de Batalha, João Messias (PP)Foto: Folha de Batalha

O prefeito de Batalha, no Norte do Estado, João Messias Freitas Melo (PP), mais conhecido como João Guerreiro, reduziu em 20% o próprio salário e de todos os cargos comissionados da Prefeitura. O decreto foi publicado no Diário Oficial dos Municípios na edição de quarta-feira (30) e entrou em vigor nessa sexta-feira (1).

A partir de agora a Prefeitura terá que se adequar ao teto de gastos com pessoal previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal – LRF, conforme orientação do Tribunal de Contas do Estado do Piauí – TCE.

Segundo o gestor, o objetivo é conter despesas com pessoal na tentativa de equilibrar as contas do município. Fica proibido também a concessão de horas extras para todos os servidores. Apenas casos excepcionais, devidamente justificados pessoalmente serão autorizados pelo prefeito. O decreto veda ainda o provimento de cargos público, admissão ou contratação.

O prefeito João Messias tinha salário bruto de R$ 14.696,64 e com o decreto, o valor passa ser R$ 11,7 mil. decreto

Comentários