Brasil

Posto que vendeu gasolina a R$ 9,99 no DF é fechado por distribuidora

Mesmo com preço abusivo, houve fila de consumidores para encher o tanque no estabelecimento durante a greve dos caminhoneiros
Fonte: Noticias ao minuto | Editor: Redação 09/06/2018 10:12
Gasolina GasolinaFoto: Reprodução

Um posto de combustível em Águas Claras, no Distrito Federal, que vendeu gasolina a R$ 9,99 durante a greve dos caminhoneiros, foi fechado pela BR Distribuidora – controlada pela Petrobras.

De acordo com a empresa, o posto – que operava com a bandeira da Petrobras – já vinha descumprindo o contrato há cerca de dois anos. O preço abusivo marcou o "ponto final da questão".

Segundo o G1, nessa sexta-feira (8), o local já estava descaracterizado e coberto por tapumes. O proprietário do posto não foi localizado.

A Petrobras não informou o motivo exato do fechamento, mas explicou que o revendedor deve cumprir recomendações da distribuidora, como comprar combustível apenas da distribuidora vinculada, participar das campanhas e promoções da rede, e fazer todos os pagamentos no prazo.

Preço abusivo

Quando os estoques de combustíveis começaram a baixar, no último dia 24, o posto passou a vender gasolina a R$ 9,99 e recebeu uma série de denúncias. No entanto, mesmo com o valor abusivo, havia uma fila com dezenas de carros aguardando para encher o tanque.

Os consumidores disseram ainda que o posto também estava se recusando a emitir nota fiscal. Meia hora após o início das reclamações, o preço da gasolina caiu para R$ 5,99, mas ainda ficou acima do teto estipulado para o DF.

No dia 25, a Polícia Civil informou a abertura de uma investigação contra o estabelecimento por aumento abusivo de preço, considerado crime contra a economia popular.

Comentários