Concursos

Polícia nega vazamento de gabarito do concurso da Polícia Militar do Piauí

Mais de 32 mil pessoas se inscreveram no concurso com 400 vagas para soldado
Fonte: Redação | Editor: Alinny Maria 06/07/2017 12:51
Fotos divulgadas nas redes sociais são boatos Fotos divulgadas nas redes sociais são boatosFoto: Montagem/Piauí Hoje

Candidatos ao cargo de soldado do concurso da Polícia Militar do Piauí estão assustados com a informação que o gabarito da prova que será aplicada no domingo (9) vazou novamente. O delegado Coordenador do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), Willame Moraes, responsável por investigar este tipo de fraude, destaca que a informação se trata de um boato e que as imagens divulgadas nas redes sociais não se referem às provas do concurso.

“Não há indícios de fraude no concurso que será realizado no domingo. As provas ainda nem chegaram no Piauí, foram elaboradas no Estado de Pernambuco. Estamos monitorando tudo de perto e sondando quaisquer informações a respeito”, diz Willame Morares.

Esta é a segunda vez que em que os candidatos farão a prova objetiva do concurso da PM, promovido pelo Núcleo de Promoção de Concursos e Eventos da Universidade Estadual do Piauí (UESPI).

A primeira etapa oficial [provas] ocorreu no dia 21 de maio e foi anulada após vazamento de cinco questões da prova de português e da constatação de tentativas de fraude ao certame. Doze pessoas foram presas suspeitas de fraude no concurso. Após o vazamento das provas, o Nucepe foi mantido como organizador do concurso, porém o Governo do Estado contratou uma nova empresa, de Pernambuco, para elaborar as questões e imprimir as provas. A estratégia do Nucepe é definir a prova do certame em instituições de outros Estados para evitar a atuação de fraudadores.

Mais de 32 mil pessoas se inscreveram no concurso com 400 vagas para soldado. As provas serão aplicadas no período da 9 às 13 horas do dia 9 de julho e, segundo estabelece o edital do certame, os candidatos devem se apresentar nos locais onde vão fazer a prova com uma hora de antecedência, portando apenas os equipamentos permitidos pelo edital, tais como o documento oficial identificação e uma caneta esferográfica azul ou preta.

Comentários