Polícia

Polícia investiga gangues que atuam no Centro de Teresina, diz comandante do 1° BPM

O tenente coronel Lacerda orienta que as vítimas ou até mesmo testemunhas devem ir ao DP mais próximo da ocorrência e registre um Boletim de Ocorrência (B.O)
Fonte: Tenente Coronel Maurício Lacerda | Editor: Luiz Brandão 24/02/2019 12:30
Os suspeitos estão sendo identificado por foto Os suspeitos estão sendo identificado por fotoFoto: Arquivo da Polícia

As polícias Civil e Militar já estão trabalhando para indentificar, autuar e prender lanceiros e assaltantes que agem em bando e atacam todos os tipos de pessoas em locais movimentados do centro de Teresina.

A informação é do tenente coronel Maurício Lacerda, comandante do 1° Batalhão da Polícia Militar do Piauí, responsável pelo policiamento ostensivo na área central da capital piauiense.

O tenente coronel disse que a Polícia Civil tem conhecimento da atuação dessas gangues e que muitos lanceiros e assaltantes que agem no Centro de Teresina já foram presos, mas acabam sendo colocados em liberdade.

Segundo ele, o pessoal da Polícia Civil já está fazendo um trabalho para autuação desses lanceiros e assaltantes que agem no centro da cidade. "Quanto à PM, por nossa orientação, os policiais devem sempre abordar o suspeito e, se tiver flagrante, a ordem é levar para o DP - Distrito Policial", disse o militar.

Ele ressaltou que, agora, os policiais militares estão com Termo Circunstanciados de Ocorrência - TCO. "Sempre que tiver um caso concreto nos faremos a lavratura no TCO ", explica o comandante do 1° BPM.

O TCO ajuda o trabalho da Polícia Civil, porque nele constam informações que podem colaborar nas investigações, na identificação de suspeitos e do que eles estão sendo acusados.

O tenente coronel Lacerda orienta que as vítimas ou até mesmo testemunhas devem ir ao DP mais próximo da ocorrência e registre um Boletim de Ocorrência (B.O) porque a Polícia Civil tem a função de investigar e o B.O ajuda nesse trabalho de investigação.

DENÚNCIA DO PORTAL - No início da semana o portal (www.piauihoje.com) publicou matérias tratando da atuação uma gangue em frente à sede do INSS, no cruzamento das ruas Rui Barbosa e Areolino de Abreu. A gangue atua em bando e ataca, principalmente, idosos e mulheres indefesas.

O portal mostrou parte de gangue em fotos e um vídeo mostrando como e onde a guangue atua.

Clique nos links abaixo, leia as matérias e veja o vídeo.

http://piauihoje.com/noticias/gang-ataca-idosos-e-mulheres-e-ameaca-servidores-na-porta-do-inss-policias-parecem-nao-saber-de-nada/

http://piauihoje.com/noticias/video-flagra-acao-de-quadrilha-que-rouba-pedestres-no-centro-de-teresina/

Comentários

Apoio: