Polícia

Presos dois suspeitos de matar funcionário de call center

Lucas Borges foi morto com um tiro no tórax na terça-feira (17)
Fonte: Polícia Civil | Editor: Paulo Pincel 22/10/2017 15:00
Lucas Borges Pontes Neto, de 24 anos, morto por assaltantes Lucas Borges Pontes Neto, de 24 anos, morto por assaltantesFoto: Arquivo pessoal

Antonio Carlos Olegário e Pedro Henrique da Silva foram presos por policiais militares do 5º Batalhão da PM, suspeitos do latrocínio qu vitimou o funcionário de um call center, na madrugada de 17 de outubro, na zona Leste de Teresina.

Lucas Borges Pontes Neto, de 24 anos, foi morto com um tiro no tórax, mesmo sem reagir ao assalto quando chegava em casa, no Vale do Gavião. Depois de balear Lucas, os criminosos fugiram levando o carro da vítima. Uma terceira pessoa pode ter participado no crime.

Entenda o caso

O funcionário da Vikstar Lucas Borges Pontes Neto, 25 anos, foi morto na madrugada desta terça-feira (17), durante assalto ocorrido na porta de casa, no bairro Vale do Gavião, zona Leste deTeresina.

Segundo informações do 5º Batalhão da Polícia Militar, Lucas estava chegando em casa do trabalhopor volta de 1h30 e foi abordado quando colocava o carro na garagem. Os assaltantes atiraram navítima e levaram o carro Fiat Uno, cor cinza, de placa PIF-9811. A polícia ainda não sabe quantaspessoas participaram do crime.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado, mas quando a equipe chegou aolocal, a vítima já estava sem vida. Lucas foi atingido com um tiro no torax. A Delegacia de Homícidiosvai investigar o crime.

Comentários