Municípios

Pirirpi recebe ação do Minha Casa Legal nesta terça (13) e quarta (14)

Ofícios de liberação de hipotecas também serão entregues durante ação.
Fonte: Governo do Estado | Editor: Redação 13/06/2017 16:05
Atendimento do Minha Casa Legal em Piripiri Atendimento do Minha Casa Legal em PiripiriFoto: Ascom Emgerpi

Os mutuários da cidade de Piripiri recebem, nesta terça-feira (13), atendimento jurídico prestado pela equipe técnica da Empresa de Gestão de Recursos do Piauí (Emgerpi), em mais uma ação itinerante do Programa Minha Casa Legal na região norte do estado. O atendimento será oferecidos até as 18h desta quarta-feira (14), na Escola Municipal Antônio Monteiro Alves, localizada na Avenida Vereador Sérgio Bezerra, nº 505, no Conjunto Expedito Resende. Ofícios de liberação de hipoteca também serão entregues durante ação.

Em Piripiri, a Emgerpi espera atender e regularizar 508 unidades habitacionais dos conjuntos Expedito Resende (200 imóveis), 232 imóveis situados nos Loteamentos Russinha, Germano, incluindo as unidades feitas de forma pulverizadas, bem como as 76 casas construídas pelo Financiamento para Construção e Ampliação e Melhoria Habitacional (Ficam).

Dentre os serviços prestados pelo Minha Casa Legal, estão as visitas domiciliares para mutuários que possuem alguma dificuldade para comparecer no escritório itinerante. No início da ação, os assistentes sociais da Emgerpi estão visitando os moradores dos imóveis edificados, cuja distribuição ocorreu de forma aleatória no município.

Diversos mutuários de Piripiri já foram atendidos no primeiro dia de ação, dentre eles, a moradora do conjunto Expedito Resende, Aldenira Soares. Segundo ela, “a ideia de trazer os serviços do Minha Casa Legal para dentro do conjunto foi boa demais, pois muitas pessoas não têm condições financeiras para se deslocarem até Teresina para serem atendidas”.

Sobre a ação do governo estadual de levar informações sobre como proceder para obter a regularização dos imóveis, a dona de casa disse que achou “importante demais, pois, com os documentos que recebi hoje, irão facilitar o recebimento da minha escritura”.

Crislene Gonçalves Mendes, que também mora no conjunto Expedito Resende, fala que gostou da ação porque “estava sem o documento de quitação da minha casa, mas, por meio desse trabalho, vou conseguir ele de volta e poderei finalizar o processo de regularização, sem precisar ir a Teresina para conseguir isso”, destacou a mutuaria, declarando que não tem dúvida que após o recebimento da escritura terá mais vantagens e direitos sobre o imóvel.

Para Raimundo Antônio da Silva, que mora no Loteamento Russinha, construído pelo Ipapep, “essa ação da Emgerpi foi boa, pois, trazer isso para perto da gente acaba nos estimulando a resolver mesmo os problemas de documentação das nossas casas”, disse Raimundo Antônio, que já está finalizando o processo de regularização do imóvel.

O diretor-presidente da Emgerpi, Ricardo Pontes, falou que o escritório itinerante ficará instalado em Piripiri até esta quarta (14), mas as pessoas que por ventura não comparecerem ao balcão de atendimento itinerante, poderão se dirigir até a Casa do Mutuário, em Teresina, ou também ao Escritório Regional da Emgerpi em Campo Maior, visto que é o posto de atendimento mais próximo para os piripirienses.

Comentários