Mundo

Piauí pede à Embaixada para ajudar vítimas de acidente nos EUA

O acidente foi sábado (9) numa estrada no Norte da Califórnia; duas pessoas morreram no local e três foram internadas
Fonte: Governo do Piauí | Editor: Luiz Brandão 12/02/2019 03:42
Túlio: vítima fatal do acidente Túlio: vítima fatal do acidenteFoto: Instagram de Túlio

O Governo do Piauí pediu ajuda à Embaixada Brasileira nos Estados Unidos e ao Consulado em San Francisco, na Califórnia (EUA) para garantirtotal apoio total às famílias dos três jovens, dois deles piauienses, vítimas de um grave acidente de carro na Califórnia, no qual dois morreram e outras três pessoas ficaram feridas, uma delas gravemente.

A informação é do chefe da representação do Estado do Piauí em Brasília, professor Roberto John. Segundo ele, por volta das 7:30hs, desta segunda-feira (11) ele falou com o Consulado e foi informado que os funcionários do Consulado já estavam sabendo e cuidando do caso. “Essa informação foi transmitida à família das vítimas aqui no Brasil. Amanhã (nesta terça-feira) vamos saber se o governo brasileiro vai providenciar o translado do corpo ou não”, disse o chefe da SURPI

O ACIDENTE - O acidente ocorreu no sábado passado (09.02) numa estrada bastante movimentada), da cidade de Pacífica, no Norte da Califórnia. O carro em que nadavam os jovens Tomé Lima, 23 anos, Tulio de Giovani de Meneses (26) e a namorada dele, um Toyota, bateu de frente numa picape Silverado.

No acidente, o estudante de agronomia da Universidade Federal do Piauí, Túlio de Giovanni de Meneses, 23 anos, e a namorada morreram no local do desastre. Ele, o irmão Tomé Lima, 26 anos, e a jovem que não teve o nome informado, estavam em passeio. Ele e os pais visitavam o irmão que mora em San Bruno, na Califórnia.

A suspeita é de que Tomé, que conduzia o veículo, possa ter acessado a rodovia Sharp Park no sentido errado, seguindo na contramão por algum tempo. Tomé e os dois ocupantes dos outros dois veículos foram encaminhados a um hospital local. Até agora não há detalhes sobre o estado de saúde dos demais feridos na colisão.

Comentários