Polícia

Cinco equipes do Piauí vão reforçar segurança no Ceará

São quatro viaturas do BPRONE e uma do BOPE, totalizando cinco viaturas e 20 policiais militar
Fonte: PM-PI | Editor: Paulo Pincel 08/01/2019 08:30
Cinco equipes seguem para ajudar a combater ataques no Ceará Cinco equipes seguem para ajudar a combater ataques no CearáFoto: PM-PI

Após solicitação do Governo do Ceará, o Piauí enviou cinco equipes de policiamento especializado para ajudar no combate aos ataques em Fortaleza e em mais 24 cidades cearenses há seis dias. Os militares seguiram para a capital cearense por volta das 5h e ficaram abrigados na sede do Batlhão de Choque

Foram deslocadas quatro viaturas do BPRONE e uma do BOPE, totalizando cinco veículos e 20 policiais militares – dois oficiais e 18 praças, sob o comando do capitão Marconi, do BPRONE, e sub-comando do tenente Marcos, do BOPE.

O coordenador Geral de Operações da Polícia Militar do Piauí, coronel Márcio Oliveira, explicou que os policiais militares seguem para Fortaleza em cinco viaturas 4x4, armados com fuzis de calibre 7,62 mm, carabinas de calibre 5,56 mm e pistolas de calibre .40 S&W.

Os policiais militares foram orientados sobre os detalhes da missão na manhã de segunda-feira (7), no Quartel do Comando Geral, no bairro Ilhotas.

“A parceria entre as Polícias Militares do Piauí e do Ceará vem de longa data onde temos um grande intercâmbio na realização de cursos, operações integradas nas áreas de divisas, bem como na troca de informações e monitoramento por exemplo das quadrilhas, como o Novo Cangaço, que atuam em todos os Estados do Nordeste. É uma missão de auxílio e solidariedade onde o Estado do Ceará vive uma gravíssima crise, com perturbação da ordem e da paz social”, adiantou o coronel.

Márcio Oliveira ressaltou que mais uma vez em 2018, o Piauí foi o estado do Nordeste com menor taxa de homicídios e o 5° menor do Brasil nesse tipo de crime, “graças ao trabalho incansável dos bravos guerreiros e guerreiras da PM-PI, que estão todos os dias nas ruas dos 224 municípios zelando e vigiando pela segurança de todos”, destacou o comandante.

Durante a exposição dos detalhes da missão aos militares que seguem para Fortaleza, o coronel recomendou coragem e altivez aos seus comandados. “Pedimos a Deus que abençoe e proteja nossos Heróis Anônimos mais uma vez e que eles possam atuar com Honra, Altivez e Coragem e retornem após o cumprimento da missão com a certeza do dever cumprido e que tenham contribuído para o retorno da paz social no nosso vizinho estado do Ceará”.

Acordo de cooperação

Em março de 2018, os governadores do Nordeste e os secretários de Segurança Pública, participaram de reunião em Teresina, no mês de março de 2018, onde debateram diversos assuntos com a temática da Segurança Pública e do combate ao crime na região, no dia 06/03/2018 foi firmado entre os 9 estados um Acordo de Cooperação visando a implementação de estratégias integradas de Segurança Pública e de gestão penitenciária.

Coronel Márcio Oliveira passa orientações sobre a operação à tropa
Coronel Márcio Oliveira explica detalhes da operação aos militares que seguiram para Fortaleza [Foto: PM-PI]

Comentários