Municípios

Piauí Conectado será implantado em Regeneração e Miguel Leão

Equipe da ATI realiza estudo de viabilidade para a instalação da rede de wi-fi nos dois municípios.
Fonte: Governo do Piauí | Editor: Redação 25/05/2018 14:01
Polo da Universidade Aberta em Regeneração Polo da Universidade Aberta em RegeneraçãoFoto: Ascom ATI

O Governo do Piauí, por meio da Agência de Tecnologia da Informação (ATI), enviou equipe aos municípios de Regeneração e Miguel Leão, localizados a 66 e 130 quilômetros de Teresina, respectivamente, com o objetivo de realizar estudo de viabilidade técnica para implantar o projeto Piauí Conectado nas duas cidades.

Em Regeneração, os técnicos da ATI conheceram o polo da Universidade Aberta Xavier Neto, que funciona durante os três turnos recebendo uma média de 35 alunos pela manhã, tarde e noite.

A coordenadora da instituição, Rosilene Nunes, comentou sobre a dificuldade que os alunos enfrentam em sala de aula sem a conectividade.

“Os cursos são a distância e a maioria dos alunos são do interior, não têm acesso à internet nem por computador e nem por smartphone, então, precisam dessa internet para fazer os trabalhos. Sem internet, sem essa inclusão digital, fica difícil eles concluírem os cursos, pois, às vezes, procuram o polo para acessar [as plataformas de estudo], mas muitas vezes não tem um sinal adequado ou a internet não é de boa qualidade”, conta Rosilene.

No município de Miguel Leão, o vereador René Lemos falou da importância da cidade receber o projeto Piauí Conectado. “Será importante porque com a internet é possível ver muitas coisas que a gente não conhece e se conectar a outras pessoas”, disse o parlamentar.

A equipe técnica da Agência de Tecnologia da Informação coletou a geolocalização da Unidade Escolar Estado do Acre, no Centro de Miguel Leão, e visitou o Povoado Faveiral, onde residem cerca de 50 famílias.

Comentários