Economia

Petrobras vai assumir dívida da Eletrobras com BR Distribuidora

A reestruturação retira da BR riscos referentes a dívidas do sistema Eletrobras pelo não pagamento de combustíveis para térmicas
Fonte: Folhapress | Editor: Redação 25/08/2017 13:33
Petrobras PetrobrasFoto: Reprodução

A Petrobras anunciou nesta sexta (25) proposta de reestruturação societária na BR Distribuidora, como parte do processo de abertura de capital da subsidiária.

A reestruturação retira da BR riscos referentes a dívidas do sistema Eletrobras pelo não pagamento de combustíveis para térmicas.

Em nota, a Petrobras informou que a operação compreende um aporte de capital de R$ 6,3 bilhões na subsidiária e a cisão dos recebíveis do setor elétrico em uma nova empresa, que será incorporada pela holding.

Em 2014, a estatal fez acordo com a Eletrobras para o pagamento em 120 parcelas de uma dívida de R$ 8,6 bilhões, dos quais R$ 7,3 bilhões garantidos pela CDE (Conta de Desenvolvimento Energético). Se a reestruturação for aprovada, a dívida passa a ser devida à Petrobras e não à BR.

Segundo a estatal, os recursos gerados pelo aumento de capital serão usados pela BR para pagar outras dívidas.

A operação, de acordo a Petrobras, será feita por valor contábil e não gera resultado para nenhuma das duas empresas.

A venda de ações da BR Distribuidora é parte do plano de desinvestimentos da estatal, que prevê captar US$ 21 bilhões até o fim de 2018.

A estratégia para a maior distribuidora de combustíveis do país é realizar uma oferta de ações em bolsa, diluindo a participação da Petrobras na empresa. A reestruturação depende ainda de aprovação de assembleia de acionistas.

Comentários