Política

Petistas dizem que vão defender Lula de qualquer tipo de ataque ou ofensas no Piauí

Órgãos de segurança, como PF e PM serão acionados para garantir integridade de Lula e seus seguidores
Fonte: Ditetório Estadual do PT | Editor: Luiz Brandão 25/08/2017 19:05
Deputado federal Assis Carvalho (PT) Deputado federal Assis Carvalho (PT)Foto: Reprodução

De Teresina - O PT, seus militantes, filiados, simpatizantes e demais entidades que estão organizando a passagem da "Caravana Lula Pelo Brasil" pelo Piauí estão tomando todas as providências para evitar qualquer ataque ou ofensas ao ex-presidente Lula em terras piauienses.

Os petistas dizem que a livre manifestação é um direito, mas não vão aceitar passivamente qualquer agressão, ataque ou desrespeito ao ex-presidente Lula, que estará no Piauí entre os 1 e 4 setembro.

A direção estadual do PT garante que Lula entrará com total segurança no Piauí. Ele começa sua visita ao estado pela cidade de Marcolândia. De lá segue pra Picos, depois vem para Teresina e vai até Altos. Em seguida, segue para o Maranhão, onde vai encerrar essa primeira etapa da caravana.

ATAQUES E OFENSAS TERÃO RESPOSTA - "Ninguém do PT vai pra recepção do Bolsonaro. Que chamem quem eles quiserem. Mas se mexer com o Lula não vai sair barato. Se eles não têm líder popular problema deles. Nós temos um líder e vamos defender ele de qualquer ataque", disse, em tom de alerta, o presidente do PT no Piauí, deputado federal Assis Carvalho.

Ele lembrou que o ex-presidente Lula já veio muitas vezes ao Piaui e nunca sofreu qualquar tipo de violência. "Lula está vindo novamente e virá quantas vezes quiser ao Piauí e será sempre muito bem recebido por nós. Lula foi o presidente da República que mais visitou o Piauí e o que mais ajudou o Estado. Não vamos aceitar nenhuma ofensa ele", garantiu o deputado Assis Carvalho.

Comentários