Política Nacional

Pesquisa do Instituto Ipsos mostra aumento da rejeição de Sérgio Moro

A rejeição de Lula cai e é uma das menores entre os presidenciáveis
Fonte: Estadão | Editor: Paulo Pincel 24/09/2017 13:14
Sérgio Moro Sérgio MoroFoto: Michel Filho / Agência O Globo

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Ipsos traz dados surpreendentes; realizada depois da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e também após o depoimento do ex-ministro Antonio Palocci, ela mostra que a rejeição ao juiz Sergio Moro, que conduz a Lava Jato, disparou.

O índice dos que desaprovam seus métodos chega a 45%, contra apenas 48% que o aprovam, numa situação de empate técnico. Ao mesmo tempo, a rejeição a Lula caiu e é uma das menores entre todos os presidenciáveis; ou seja: cresce, na sociedade brasileira a percepção de que ele é alvo de perseguição judicial, com objetivos políticos.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve seu índice de desaprovação reduzido e sua taxa de aprovação ampliada em setembro na comparação com o mês anterior, segundo o mais recente Barômetro Político, pesquisa mensal de credibilidade realizada pelo instituto Ipsos.

O percentual da população que não concorda com a atuação de Lula caiu de 66% para 59%, enquanto a parcela da sociedade que o aprova subiu de 32% para 40%, a maior em dois anos de levantamento – apenas 1% não soube opinar", aponta reportagem de Adriana Ferraz e Gilberto Amendola, publicada no Estado de S. Paulo.

Pesquisa de opinião
Pesquisa de opinião

Comentários