Saúde

Período mais quente do ano causa vários tipos de doenças

Fonte: Cintia Lucas 31/08/2017 11:25
Calor CalorFoto: Jornal A Tribuna

Tem início nesta sexta-feira, 1º, o período mais quente do ano em Teresina, popularmente conhecido como B-R-O BRÓ. Esta época é caracterizada pelas altas temperaturas e baixa umidade do ar que afetam diretamente a saúde das pessoas. Os meses de setembro a dezembro (que terminam com BRO) costumam registrar um grande número de pessoas com doenças que afetam os olhos, a boca, o nariz e a garganta.

A universitária Maria Carolina costuma sofrer bastante nesta época do ano. “Costumo ter crises de rinite, meu nariz fica irritado, tenho falta de ar. Procuro colocar toalhas secas por causa da baixa umidade”.

O otorrinolaringologista Erick Barros explica que a baixa umidade afeta as mucosas dos olhos, da boca e do nariz, que ficam ressecadas, favorecendo a atuação de agentes externos, como vírus e bactérias.

“O tempo seco prejudica a saúde porque existem níveis mínimos de umidade relativa do ar, onde abaixo de 30% já é considerado nível crítico, ocasionando efeitos na saúde”, explica.

O médico aconselha o uso do protetor solar, ingestão de líquidos, além de hidratar a pele. “É salutar também usar colírio para hidratar os olhos, assim como lavar o nariz com soro fisiológico várias vezes ao dia”, destaca o otorrinolaringologista.

Existem mais algumas recomendações para esse período, como usar o umidificador de ar nos ambientes de trabalho e domiciliares, aumentando artificialmente a umidade do ar, bem como não direcionar o ventilador ou o ar condicionado para o rosto. A última dica do especialista é evitar atividades ao ar livre nos períodos em que o ar está mais quente, entre 10h e 15h.

Erick Barros
Médico Erick Barros (Foto: Divulgação)

Comentários