Polícia

Penitenciária de Esperantina é interditada após risco de desabar

Foram transferidos 167 presos para outras unidades prisionais
Fonte: Sejus | Editor: Alinny Maria 12/10/2017 09:40
Penitenciária de Esperantina ficou bastante destruída após rebelião Penitenciária de Esperantina ficou bastante destruída após rebeliãoFoto: Divulgação/Sinpoljuspi

Por meio da Operação Erupção, a Secretaria de Justiça do Estado (Sejus) interditou, na noite dessa quarta-feira (11), a Penitenciária Regional de Esperantina e transferiu 167 presos para outras unidades prisionais.

De acordo com a Secretaria de Justiça, a Operação Erupção foi deflagrada após relatório do Setor de Engenharia apontando risco de desabamento dos pavilhões, devido à depredação ocasionada no presídio na rebelião do último dia 6, que resultou na fuga de 75 detentos.

A Operação contou com a mobilização de 30 agentes penitenciários e 40 policiais militares de Teresina, Parnaíba, Esperantina, Altos e São Raimundo Nonato, utilizando-se escolta especializada para remoção dos presos e 25 veículos e viaturas.

Comentários