Mundo

Passaporte brasileiro de Kim Jong-un foi emitido pela Polícia Federal

Primeiros documentos foram emitidos em nome de Josef Pwag e Ijong Tchoi, em 1990
Fonte: Noticias ao Minuto | Editor: Redação 05/05/2018 08:29
Kim Jong-un Kim Jong-unFoto: InfoMoney

Foi no Rio de Janeiro, em 31 de agosto de 1990, que Kim Jong-un teve o passaporte emitido pela Polícia Federal. No início de abril, a informação de que o líder norte-coreano teve o documento brasileiro renovado pela embaixada de Praga, na República Tcheca, em fevereiro de 1996, foi confirmada pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE).

Conforme o MRE, a Polícia Federal emitiu novos passaportes brasileiros também para o pai de Jong-un, o então comandante de Pyongyang, Kim Jong-il. O local e o ano da emissão do primeiro documento foram revelados pelo jornal O Globo, na noite dessa sexta-feira (4), após acesso aos formulários da Lei de Acesso à Informação.

Os nomes que constam nos documentos são Josef Pwag e Ijong Tchoi, respectivamente. A cidade de nascimento nos passaportes é São Paulo. À época, as normas para a emissão do passaporte não exigiam a apresentação de documento de identidade "caso o interessado apresentasse passaporte anteriormente expedido".

Confira a reposta do MRE na íntegra

Realizada a pesquisa nos arquivos do Ministério das Relações Exteriores, verificou-se que os passaportes em nome de JOSEF PWAG e de IJONG TCHOI foram emitidos regularmente pela Embaixada do Brasil em Praga, em 26 de fevereiro de 1996, com validade até 25 de fevereiro de 2006, em substituição a passaportes anteriores emitidos no Brasil.

Segundo o as normas em vigor à época, para a concessão de novo passaporte comum, era dispensada a apresentação de documento de identidade, caso o interessado apresentasse passaporte anteriormente expedido.

Comentários