Geral

Passagem de Comando do 2º BEC será amanhã

amanhã comando mudança bec
Fonte: assessoria 17/01/2012 19:36 - Atualizado em 10/10/2016 01:54
O 2º Batalhão de Engenharia de Construção (2º BEC) realiza neste dia 18 de janeiro (quarta-feira), às 19:00 horas, em suas instalações, a Solenidade de Passagem de Comando da Unidade. Neste dia, o Coronel de Engenharia MARCELO ARANTES GUEDON passa o Comando do 2º BEC ao Tenente-Coronel de Engenharia ROGÉRIO SETRIM DE SIQUEIRA. A Solenidade será presidida pelo General-de-Brigada MÁRCIO VELLOSO GUIMARÃES, Comandante do 1º Grupamento de Engenharia de Construção (1º Gpt E Cnst), sediado em João Pessoa-PB.
O Coronel GUEDON assumirá uma nova empreitada em sua carreira: foi nomeado (DEC), sediado em Brasília-DF. É natural da cidade do Rio de Janeiro-RJ, tendo sido declarado Aspirante-Oficial da Arma de Engenharia no ano de 1987.
Já o Tenente-Coronel SIQUEIRA estava servindo no Estado-Maior do Exército (EME), com sede em Brasília-DF. É natural de rio de Janeiro - RJ, tendo sido declarado Aspirante-a-Oficial da Arma de Engenharia no ano de 1989.
Logo após a solenidade, haverá a entrega do Distintivo de Comando ao Comandante substituído e também a inauguração de seu retrato na Galeria dos Ex-Comandantes.
O 2º BEC é um Batalhão de Engenharia de Construção que foi criado pelo Decreto nº 42.921, de 30 de dezembro de 1957.
Foi instalado no dia 13 de maio de 1958 na cidade de Teresina, obedecendo a uma privilegiada localização estratégica, o que favoreceu o cumprimento de suas missões e o desenvolvimento do meio norte do Brasil.
O 2º BEC, após 5 décadas de sua criação, tem a certeza de ter contribuído para a redenção do meio norte do Brasil com obras de alcance sócio-econômico-militar, apresentando um invejável acervo de realizações na área da infra-estrutura para o desenvolvimento nacional, conquistado com muito esforço e dedicação. Por outro lado, em nenhum instante os integrantes do Batalhão “Heróis do Jenipapo” se descuraram da sua condição de soldado e têm consciência da importância de suas missões de segurança, da formação das reservas e da mobilização, identificando-se perfeitamente com o quadro e o ambiente operacional de suas áreas de atuação.
A qualidade do nosso serviço, a execução das Obras dentro das especificações e o respeito aos limites do orçamento justificam o emprego do Batalhão “Heróis do Jenipapo” em mais de 1.130 Obras, ao longo dos seus 53 anos “CONSTRUINDO UM BRASIL UNO E FORTE”.

Comentários

Matérias Relacionadas