Esportes

Otimista, Bruno Henrique avisa: foi só o começo

"Isso é só o começo. Espero poder dar continuidade", disse o autor dos dois gols contra o Botafogo
Fonte: Globo Esporte | Editor: Paulo Pincel 28/01/2019 15:44
Bruno Henrique comemora com Gabigol Bruno Henrique comemora com GabigolFoto: Jorge R Jorge/BP Filmes

Todos os holofotes no Flamengo estão voltados para Bruno Henrique. E com razão. Último a chegar, o atacante foi o primeiro a brilhar entre as novas estrelas à disposição de Abel Braga.

Ainda no embalo dos dois gols decisivos no clássico do último sábado, diante do Botafogo, no Nilton Santos, o camisa 27 atendeu a imprensa nesta segunda-feira no Ninho do Urubu. De sorriso aberto, falou do assédio na primeira semana no novo clube:

"Feliz pelo primeiro jogo e já poder deixar uma impressão boa. Depois de um ano difícil, foi bom ter o apoio de todos. Depois do jogo recebi muitas mensagens de parabéns. Isso é só o começo. Espero poder dar continuidade"

Líder do Grupo C, com sete pontos, o Flamengo entra em campo já nesta terça-feira, para encarar o vice-líder Boavista, às 21h (de Brasília), no Maracanã, pela quarta rodada. Com uma vitória, o Rubro-Negro estará classificado para a semifinal da Taça Guanabara.

Gol anulado de Gabigol

Foi nítido, todos viram que eu não estava impedido no lance do gol do Gabriel. O árbitro disse que eu era muito rápido. Ainda bem que estávamos com o placar a favor. Agora é continuar trabalhando e estar bem para poder servir bem aos companheiros.

Parte física

Não estou 100%, acho que ninguém está ainda. Fiz 45 minutos, dei alguns arranques, mas às vezes não conseguir recompor e dar um sprint novamente. O que o Abel optar para esse jogo é com ele, eu iniciar ou ficar no banco

Times diferentes no Carioca

"A estratégia (de dois times) é boa, mostra a força do grupo. Todos se sentem importantes, podem mostrar o motivo de estarem no Flamengo. Abel pode fazer isso. Os jogadores não veem problema, quem ganha é o clube. Quem entra dá conta do recado"

Gols sofridos

Acontece. Estamos em preparação. Acho que não é desconcentração. Tentamos sempre sair na frente, e estamos no caminho certo. Conseguimos reverter. O Abel está procurando acertar o posicionamento.

Entrosamento com Gabigol

O Gabriel parece que a gente se conhece há muito tempo, é um irmão que fiz no futebol. Coração grande. A família também. Sempre me acolheram na casa deles. Tenho um carinho grande por ele.

Bruno Henrique e Gabigol: parceria desde os tempos de Santos — Foto: Jorge R Jorge/BP Filmes

Garçom

Tentar servir não só ao Gabriel, qualquer um que estiver na frente, bem posicionado. Tenho facilidade de colocar o companheiro na cara do gol. Temos que procurar sempre quem estiver melhor.

Estreia no Maracanã

A expectativa é a melhor possível de jogar no Maracanã, reencontrar a torcida. Sempre incentiva. Eu que gosto de ir para cima, isso incentiva, dá confiança.

Onde jogar?

Entre o lado esquerdo ou direito, acho que tenho facilidade dos dois. Já atuei, não vai ser dificuldade nenhuma. Vai ficar a critério do Abel. Sobre a questão física, ainda estou um pouco abaixo. Isso é com o tempo, com os jogos.

Bruno Henrique comemora um dos gols no clássico — Foto: Andre Durão

Atuação perfeita

Ninguém consegue prever o futuro. Mas quero sempre jogar bem, fazer gols, que é muito importante. A confiança do Abel, um cara consagrado, que conhece o futebol. Me levou para o jogo, conversou... Acho que assim ele decidiu me levar para o jogo.

Abel Braga

Ter a confiança do treinador é muito importante para o jogador. Faz evoluir. Enfrentei várias vezes ele, e sempre me disse que me queria ao lado dele. Isso é muito importante. Que a gente possa conquistar muitas coisas esse ano pelo Flamengo.

Comentários

Apoio: