Polícia

PM apreende centenas de celulares na Praça da Bandeira

A operação aconteceu na tarde desta sexta-freira (3) na Praça da Bandeira
Fonte: PM-PI | Editor: Paulo Pincel 03/11/2017 18:27
A maioria dos ceulares vendidos na Praça da Bandeira são produto de assaltos e roubo A maioria dos ceulares vendidos na Praça da Bandeira são produto de assaltos e rouboFoto: PM/PI

Um "arrastão" realizado pela Polícia Militar do Piauí, na tarde desta sexta-freira (3) na Praça da Bandeira, no Centro de Teresina, apreendeu centenas de celulares, tablets e notebooks. Nove pessoas foram conduzidas para a Central de Flagrantes onde foram notificadas pela venda de produtos sem nota fiscal, o que é crime.

O capitão-PM Juracy Félix explicou que a Praça da Bandeira é o local onde são vendidos celulares furtados ou roubados em assaltos. "Recolhemos muitos celulares, todos modernos, podemos dizer até centenas, daquele pessoal que fica vendendo na frente do Shopping da cidade, onde é feita uma negociação de produtos roubados, furtados e sem nota fiscal. Conduzimos nove pessoas pra Central de Flagrantes, para o delegado decidir qual será o próximo passo, porém eles têm que comprovar com nota a procedência dos aparelhos, sem isso com certeza eles cometem crime tributário por estarem negociando aparelhos sem nota fiscal, ou seja sem recolher o imposto pra união, estado ou município, sem falar que muitos são produtos de crime”.

Depois que foi divulgado o resultado da operação de hoje, muitas pessoas foram à Central de Flagrantes para tentar recuperar seus equipamentos.

Comentários