Política

Operação Bons Princípios cumpriu 13 mandados de busca e apreensão

Operação acontece em Teresina, Bom Princípio do Piauí, Luís Correia e Parnaíba
Fonte: Polícia Civil | Editor: Paulo Pincel 14/12/2017 14:49
Operação Bons Princípios Operação Bons PrincípiosFoto: Divulgação/Polícia Civil

A Operação Bons Princípios, realizada na manhã desta quinta-feira (14), cumpriu 13 mandados de busca e apreensão em Teresina, Bom Princípio do Piauí, Luís Correia e Parnaíba. Participam da operação 60 pessoas, entre policiais civis, promotores de Justiça e auditores.

O objetivo era desarticular um esquema criminoso que fraudou o concurso público realizado pela prefeitura de Bom Princípio do Piauí, município situado a 288 Km de Teresina. O concurso ofereceu 62 vagas para o quadro efetivo, mais o cadastro de reserva.

São investigados empresários proprietários da Água Marinha Consultoria e Projetos Ltda-ME, responsável pela organização do concurso. Pessoas ligadas ao prefeito Francisco Apolinário Costa Moraes e aos vereadores foram aprovados e assumiram os cargos.

Documentos que comprovariam a fraude em concurso público e outras despesas ilícitas foram recolhidos pelos policiais do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) da Polícia Civil.

A operação contou com a participação de auditores de Controle Externo do Tribunal de Contas do Estado e técnicos da Controladoria Geral da União (CGU) e do Ministério Público do Estado (MPPI). Foram cumpridos mandados de busca e apreensão na residência do prefeito e de vereadores de Bom Princípio, de empresários responsáveis pela organizadora do concurso e até de um capitão da Polícia Militar.

As investigações apontaram que candidatos aprovados e posteriormente nomeados tinham ligação com o prefeito e vereadores da cidade, o que sugere o favorecimento no certame. A Polícia Civil também apura o uso de empresa de fachada para a realização do concurso que contratou servidores para as secretarias de Educação e Saúde.

São investigados o prefeito Francisco Apolinário, cinco vereadores, um oficial da Polícia Militar e os proprietários da empresa Água Marinha. Além da fraude no concurso, há indício de desvios de recursos para pagamentos da empresa (que seria de fachada) contratada para a realização do concurso e cursos de capacitação em municípios da região Norte do Piauí, custeados com recursos federais, estaduais e municipais.

Foram aptovados no concurso a primeira-dama do município, Ana Karla Vieira Diniz (quarto lugar para Supervisor Escolar), o presidente da Câmara dos Vereadores, Jacinto Costa Moraes (segundo lugar para enfermeiro) e o secretário de Saúde do município, Zilmar Silva Neres, e vereador Antônio de Pádua Vieira, o Padinho (terceirto colocado para socorrista do SAMU).

Operação Bons Princípios
Policiais civis cumpre mandados na Operação Bons Princípios no Norte do Piauí e em Teresina

Os aprovados têm ligações com o prefeito e vereadores
Os aprovados têm ligações com o prefeito e vereadores

Comentários