Cidade

Obra de recapeamento da Av. Kennedy segue em ritmo acelerado

Previsão é que, em 2018, sejam investidos R$ 16,5 milhões em obras de recapeamento
Fonte: PMT | Editor: Redação 07/08/2018 15:17
Recapeamento asfáltico da Avenida Presidente Kennedy Recapeamento asfáltico da Avenida Presidente KennedyFoto: Ascom

A Prefeitura de Teresina segue com a obra de recapeamento asfáltico da Avenida Presidente Kennedy, que já apresenta mudanças significativas para motoristas e pedestres que transitam pela região. As obras ainda devem ocorrer durante os próximos 30 dias e a orientação é que a população busque vias alternativas a fim de evitar transtornos no trânsito.

As equipes estão em atividade diariamente, de 8h às 17h, com parte da via interditada e presença de máquinas pesadas e trabalhadores, necessitando de uma atenção redobrada dos que trafegam pela avenida.

“As obras estão bem avançadas e seguem em ritmo intenso. A população já percebe a diferença entre os lados da avenida e o conforto ao percorrer o lado que já foi todo nivelado. A Prefeitura investiu R$ 1,4 milhão para a colocação desse novo asfalto na Kennedy e já prevê novos investimentos em outras zonas da cidade”, afirma Daniel Pereira, coordenador de Asfaltamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh).

Ainda segundo o coordenador, dentro das próximas semanas, a Prefeitura inicia a revitalização do asfalto no bairro Piçarra, juntamente com obras na Av. Odilon Araújo, zona Sul de Teresina. Além disso, na zona Norte, será feito o recapeamento da Av. Francisco Mendes à Av Pinel. “Faremos o recapeamento no entorno no Shopping Rio Poty para melhorar tanto a linha de ônibus, como o acesso das pessoas de moram próximo ao shopping”, completou.

Investimento em recapeamento

A Prefeitura de Teresina prevê 16,5 milhões em investimentos para obras de recapeamento asfáltico na capital. Em 2018, as avenidas Henry Wall de Carvalho, Jockey Clube e um trecho da Av. Raul Lopes, receberam novo asfalto. O planejamento contempla, ao todo, 12 avenidas de grande fluxo da capital.

“O próximo passo são as avenidas Pinel, Francisco Mendes e Odilon Araújo, e em seguida, partiremos para as avenidas Duque de Caxias, Castelo do Piauí, Rui Barbosa, Valter Alencar, Leônidas Melo e Walfrido Salmito”, afirma Daniel Pereira.

Comentários