Geral

OAB/PI pede quebra de sigilo das gravações de Temer e outros investigados

Fonte: OAB/PI | Editor: Cintia Lucas 18/05/2017 13:00
Chico Lucas Chico LucasFoto: Divulgação

A Ordem dos Advogados do Brasil, secção Piauí, enviou nesta quinta-feira, 18, nota à imprensa onde pede a suspensão do sigilo das gravações feitas entre os envolvidos nas últimas denúncias de corrupção que envolvem o presidente Michel Temer, senador Aécio Neves entre outras figuras da vida parlamentar e jurídica do país.

Na nota, o presidente da OAB/PI, Chico Lucas, diz ainda que, sendo confirmadas as denúncias, exige a renúncia do atual presidente e de todos os demais acuados do crime de obstrução da justiça e a convocação de novas eleições diretas para o país.

Confira a nota na íntegra:

NOTA

Diante dos estarrecedores e gravíssimos fatos noticiados pela imprensa contra o Presidente da República, Michel Temer, e outras figuras do cenário político brasileiro, a Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Piauí, cobra a imediata suspensão do sigilo das gravações, para que toda a sociedade tenha acesso ao seu conteúdo, bem como a devida apuração dos fatos.

Sendo confirmadas as denúncias, o presidente da OAB-PI, Chico Lucas, exige a imediata renúncia do Presidente Michel Temer e de todos os demais acusados do crime de obstrução da Justiça. Acreditamos, ainda, que somente novas eleições diretas e a renovação do cenário político poderão solucionar a total crise de representatividade dos Poderes.

A OAB-PI é defensora intransigente da Constituição Federal, do Estado Democrático de Direito e da Instituições Republicanas.

Chico Lucas

Presidente da OAB-PI

Comentários