Esportes

O que vale a Copa do Brasil para os cofres de Cruzeiro e Flamengo

O motivo financeiro mais ‘óbvio’ é o prêmio do torneio. São R$ 6 milhões para o vencedor e ‘apenas’ R$ 2 milhões para o vice-campeão
Fonte: ESPN | Editor: Redação 27/09/2017 11:45
Copa do Brasil Copa do BrasilFoto: Veja - Abril.com

Poucas coisas servem como motivação maior do um troféu. Mas Cruzeiro e Flamengo também têm motivos financeiros ótimos para se esforçarem ainda mais na grande final da Copa do Brasil, às 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira, no Mineirão. O motivo financeiro mais ‘óbvio’ é o prêmio do torneio. São R$ 6 milhões para o vencedor e ‘apenas’ R$ 2 milhões para o vice-campeão.

A grana não é tão alta assim, é verdade. Tanto é que vai subir (e muito) na próxima temporada – admitindo a ‘defasagem’, a CBF vai subir o prêmio do campeão para incríveis R$ 50 milhões.

Mesmo assim, dinheiro é dinheiro e cai muito bem nos cofres de qualquer um.

Para o Cruzeiro, o título ainda significará um adicional de R$ 500 mil da Caixa, por conta de uma cláusula que prevê essa bonificação do patrocinador do clube em caso de troféu.

O time mineiro já tem acumulado mais R$ 6,8 milhões por ter passado pelas fases anteriores.

Já o Flamengo acumulou ‘apenas’ R$ 3,75 milhões na competição. Isso porque entrou apenas nas oitavas de final, depois de fazer mais dinheiro ainda na Libertadores.

O torneio continental, na verdade, é outro aditivo importante para os cofres de cada um dos clubes – vale lembrar que o título já garante o campeão na próxima Libertadores. Neste ano, o Fla recebeu R$ 5,4 milhões por ter entrado na fase de grupos da competição.

Além disso, os torcedores gostam muito mais de ver o time disputar a competição. Prova disso é o próprio Flamengo, que, mesmo sendo eliminado cedo, teve média de renda de R$ 3,5 milhões na Libertadores, mais de meio milhão a mais do que vem conseguindo no mata-mata da própria Copa do Brasil, onde está na final.

Estar na competição internacional também é importante para o Cruzeiro por outro motivo: o clube terá que renovar o contrato de patrocinador e vai pedir mais caso tenha a vaga debaixo dos braços.

Quem ficar sem o troféu, claro, ainda terá a chance de se classificar via Brasileirão – os dois estão bem na briga pelo G-6. Mas, é claro, será muito melhor ter a tranquilidade de já garantir a vaga logo.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO X FLAMENGO

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 27 de setembro de 2017 (Quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)

CRUZEIRO: Fábio, Ezequiel, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Hudson, Robinho, Thiago Neves e Alisson (Rafinha); Raniel. Técnico: Mano Menezes

FLAMENGO: Alex Muralha, Rodinei, Réver, Juan e Miguel Trauco; Gustavo Cuéllar, Willian Arão, Diego e Lucas Paquetá (Gabriel ou Vinícius Junior); Orlando Berrío e Paolo Guerrero. Técnico: Reinaldo Rueda

Comentários

Matérias Relacionadas