Política Nacional

Ministro diz que nunca imaginou que Bolsonaro fosse tão fraco

Na iminência de ser exonerado, ministro fez desabafo a interlocutores, segundo blog
Fonte: Noticias ao Minuto | Editor: Redação 17/02/2019 11:36
Bolsonaro e Bebianno Bolsonaro e BebiannoFoto: Reprodução

Na iminência de sua exoneração, que deve ocorrer nesta segunda-feira (18), o ministro da Secretaria-Geral, Gustavo Bebianno, disse a interlocutores que se arrependeu de dar apoio ao presidente da República, Jair Bolsonaro. "Preciso pedir desculpas ao Brasil por ter viabilizado a candidatura de Bolsonaro. Nunca imaginei que ele seria um presidente tão fraco", disse ele, segundo informações do blog do Gerson Camarotti, no portal G1.

Ao fazer a afirmação, o ministro teria se referido à influência dos filhos do presidente no rumo da nação. Bebianno está no centro de uma crise envolvendo suspeitas de que o PSL usou candidaturas laranjas, durante as últimas eleições, com o objetivo de conseguir verba pública para a campanha. Desde então, tem sido alvo de críticas por parte dos filhos de Bolsonaro.

Na última quarta-feira (13), um deles, Carlos Bolsonaro, chegou a dizer, em uma rede social, que Bebianno mentiu ao afirmar que estava em contato com o presidente, usando como prova um áudio que teria sido enviado pelo pai ao ministro. Bolsonaro, por sua vez, endossou a posição do filho e compartilhou a publicação.

"Não se dá um tiro na nuca do seu próprio soldado. É preciso ter um mínimo de consideração com quem esteve ao lado dele o tempo todo", desabafou Bebianno, depois do episódio, em uma conversa com interlocutores.

Comentários

Apoio: