Concursos

Nucepe libera consulta a locais de provas do concurso da PM

A prova acontece no próximo domingo, dia 9
Fonte: Redação | Editor: Alinny Maria 03/07/2017 15:55
Efetivo da Polícia Militar do Piauí Efetivo da Polícia Militar do PiauíFoto: Paulo Barros

O candidato que vai fazer as provas para o concurso da Polícia Militar do Piauí, que acontece no próximo domingo, dia 9, já pode consultar o local de provas através do o site do Nucepe – Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos da Universidade Estadual do Piauí – UESPI. O Nucepe adverte que houve mudança do local de provas em relação ao anterior.

“É indispensável que o candidato imprima o seu cartão de informações para não haver dúvida sobre para que local de aplicação de provas ele deverá se dirigir. Quem fez prova em uma determinada escola na vez anterior pode estar lotado em outra escola agora. Por isso, para evitar problema o candidato deverá acessar o seu cartão de informações porque só este documento traz todos os detalhes que o candidato precisa ter em mãos para realizar a prova”, explica o presidente do Nucepe, professor doutor Pedro Soares Junior.

O presidente do Nucepe também chama a atenção dos candidatos para que evitem portar na hora de adentrar os locais onde serão aplicadas as provas quaisquer objetos ou equipamentos proibidos pelo edital. Ele lembra que somente é permitido ao candidato portar o documento de identificação e uma caneta esferográfica na cor preta ou azul.

“O candidato precisa observar o que está contido no Item 5.2.10 do Edital, o seu Termo de Retificação. Lá está estabelecido o que o candidato pode portar. Fora disso, nada será permitido, para garantir a lisura e a segurança do certame”, alerta Pedro Soares Junior.

Esta é a segunda vez que os candidatos farão as provas. A primeira etapa oficial ocorreu no dia 21 de maio e foi anulada após vazamento de cinco questões da prova de português e da constatação de tentativas de fraude ao certame. Doze pessoas foram presas suspeitas de fraude no concurso.

No dia 9 de julho, data escolhida para a reaplicação das provas, vão atuar no concurso 2.400 fiscais, 81 coordenadores gerais e outros 81 coordenadores de locais de aplicações, além de mais de 200 integrantes das policias Civil e Militar que vão atuar no policiamento ostensivo nos locais de aplicação da prova objetiva, juntamente com a equipe da comissão organizadora. Também já foram revisados todos os protocolos de planejamento e segurança com vistas ao evento.

As provas serão aplicadas no período da 9 às 13 horas do dia 9 de julho e, segundo estabelece o edital do certame, os candidatos devem se apresentar nos locais onde vão fazer a prova com uma hora de antecedência, portando apenas os equipamentos permitidos pelo edital, tais como o documento oficial identificação e uma caneta esferográfica azul ou preta. Ao todo, 32.561 candidatos estão inscritos e aptos a concorrer.

Comentários