Brasil

Nota de repúdio às declarações da deputada Ana Caroline, do PSL, que ataca jornalista

Na ocasião a deputada ainda disse que desconfiava da capacidade mental do jornalista, entre outras ofensas
Fonte: Camejo Comunicação | Editor: Da Redação 06/04/2019 11:24
Ana Caroline Campagnolo Ana Caroline CampagnoloFoto: Divulgação/Congresso Nacional / Estadão

A Federação Nacional das Emissoras de Rádio e TV (Fenaert) manifesta seu repúdio às declarações da deputada estadual Ana Caroline Campagnolo em relação ao trabalho da imprensa. Nesta sexta-feira, 05 de abril, a parlamentar afirmou ao jornalista Altair Magagnin, do jornal Notícias do Dia do Grupo RIC, que “jornalistas são canalhas” e “têm problemas cognitivos”.


Na ocasião a deputada ainda disse que desconfiava da capacidade mental do jornalista, entre outras ofensas. As afirmações ocorreram após o jornal Notícias do Dia, do Grupo RIC, publicar uma reportagem mostrando que a deputada Ana Caroline Campagnolo teria cobrado diárias da Assembleia Legislativa em dias de lançamento de um livro de sua autoria em diversas cidades de Santa Catarina. Para comprovar a reportagem, o jornal cruzou os dados entre agenda da parlamentar e do Portal da Transparência do Legislativo.

A Fenaert repudia o cerceamento à liberdade de imprensa e expressão jornalística, sendo contra qualquer atitude que vise impedir um jornalista de fazer o seu trabalho ou ofendê-lo em razão de sua função de expor a verdade sobre os fatos apurados. A entidade ressalta que este tipo de fato é gravíssimo, ainda mais por envolver uma figura pública, que ocupa um cargo eletivo e, portanto, deveria agir de forma a dar bom exemplo à população.

Comentários