Ciência & Tecnologia

Nasa vai cultivar alface e repolho na Estação Espacial Internacional

Centro de pesquisa financiado pela agência espacial americana estuda os tipos de plantação que podem funcionar no espaço
Fonte: Noticias ao minuto | Editor: Redação 15/05/2018 14:57
Imagem ilustrativa Imagem ilustrativaFoto: Reprodução

Mesmo que não seja fácil plantar no espaço, a Nasa acredita que cultivar alimentos neste ambiente é essencial para a corrida espacial, já que futuros exploradores espaciais terão que passar meses - ou até mesmo anos - em missões fora da Terra.

Como produtos liofilizados perdem certos nutrientes essenciais com o tempo, os astronautas correm riscos maiores de contrair doenças se não adquirirem estas vitaminas após um longo período no espaço.

Pensando nisso, a Nasa recorreu a botânicos e jardineiros para realizarem experimentos com o cultivo de alimentos fora da Terra.

"Há dezenas de milhares de plantas comestíveis na Terra que poderiam ser úteis, mas não é fácil saber quais são as melhores para produzir alimentos destinados aos astronautas", explica Carl Lewis, diretor do Jardim Botânico de Fairchild. "Aqui é onde entramos em jogo", acrescenta.

O projeto foi financiado em 1,24 milhão de dólares pela Nasa. Apesar de ter quatro anos de duração, o estudo já apresentou os primeiros resultados. Neste Jardim Botânico localizado em Miami, nos EUA, pesquisadores já identificaram 106 tipos de plantações que poderiam se dar bem no espaço: entre elas, repolho e alface.

De acordo com o UOL, acredita-se que muitas destas verduras em fase experimental sejam enviadas à ISS nos próximos meses.

Comentários