Política

Mulheres vão às ruas de Teresina em protesto contra Bolsonaro

O evento começa às 17h na Praça da Liberdade
Fonte: Alinny Maria 29/09/2018 12:29
Imagem ilustrativa Imagem ilustrativaFoto: Lucas Rodrigues / Catraca Livre

Aos gritos de #EleNão, mulheres de Teresina e de todo o Brasil vão às ruas neste sábado para protestar contra o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro. Em Teresina, a manifestação começa às 17h com concentração na praça da Liberdade e em seguida segue em caminhada pela Avenida Frei Serafim até o Espaço Cultural Francisco das Chagas Junior (embaixo da Ponte JK), onde acontece a vigília-show.

A expectativa é que pelo menos 400 mulheres participem da caminhada e mais de duas mil pessoas participem do ato debaixo da ponte Juscelino Kubitschek. As mulheres devem participar com rosas brancas como simbologia na abertura do show, em um momento de silêncio e reflexão pelo papel da mulher no mundo, pedindo paz.

O protesto tem o objetivo de manifestar a insatisfação das mulheres sobre o discurso de ódio que vem sendo disseminando contra mulheres, negros, grupos LGBT e índios através das propostas do candidato Jair Bolsonaro.

Para garantir tranquilidade durante o evento, as autoridades da área da segurança pública elaboraram um esquema de policiamento, pois também neste sábado acontece um ato a favor de Bolsonaro em Teresina.

O Secretário de Segurança Pública, Cel. Rubens Pereira informou que apesar do ponto de partida e chegada dos dois atos acontecerem na Avenida Marechal Castelo Branco, a tendência é que não haja um encontro por conta posição geográfica de concentração das manifestações.

“O movimento contra Jair Bolsonaro vai sair do adro da Igreja de São Benedito, percorrer a avenida Frei Serafim e finalizar embaixo da Ponte Juscelino Kubitschek. Já o movimento a favor do candidato Jair Bolsonaro vai se concentrar na Avenida Marechal Castelo Branco embaixo da Ponte Estaiada em direção ao bairro Mocambinho, na zona Norte de Teresina”, disse o secretário.

Manifestação contra bolsonaro

Equipes da Guarda Municipal, Polícia Militar e Strans estarão acompanhando o protesto. O movimento foi convocado através das redes sociais e está previsto para acontecer em 80 cidades do país, além de mobilizações em vários países, como Argentina, Austrália, Canadá, Espanha, França, Portugal e Estados Unidos.

O grupo "Mulheres contra Bolsonaro" começou a convocar todas as mulheres, sem distinção de partido político, no início do mês para irem às ruas lutar contra o fortalecimento do machismo, racismo, homofobia e outros tipos de discriminação. As hastags #EleNão e #EleNunca se tornaram virais nas redes sociais.

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO EM TERESINA:

Mulheres Unidas Contra O COISO

  • Dia 29 de Setembro -Teresina
  • 16h - Concentração - Praça da Liberdade
  • Caminhada pela Frei Serafim
  • 18h - Espaço Cultural Francisco das Chagas Junior (embaixo da Ponte JK)
  • Momento de silêncio para depósito das rosas no palco e ao redor do palco e leitura do protesto das Mulheres;
  • Início dos shows de:
  • Soraya Castelo Branco , Julio Medeiros , Roberto Carvalho, Geraldo Brito e Ivan Silva
  • Roraima;
  • Ze Quaresma;
  • Giuliana Albano , Felipe Sousa, Jean Medeiros , Nil Cordeiro , Vinicius Carvalho;
  • Bia e os becks , Ricardo Totte e Moises Chaves;
  • Chapa quente : Paulo Dantas, Lívio Nascimento e Bruno Moreno;
  • Jamille Jah;
  • Luzia Amelia e grupo de dança da UFPI (perfomance);
  • Preto Kedé;
  • Esther e banda;
  • Nascimento e Machado Junior;
  • Banda Navegantes.

Com informações de Comissão de Segurança e Comunicação do Movimento Nacional Mulheres Contra Bolsonaro Teresina

Comentários