Economia

Mulheres apostam na economia solidária para gerar renda

Bordados, crochês, bolsas, bonecas, costuras, kits sabonetes e muitos outros produtos são desenvolvidos e comercializados por esses grupo
Fonte: Portal PMT | Editor: Redação 21/02/2017 14:10
Economia Solidária Economia SolidáriaFoto: Ascom

Muitos teresinenses encontraram no seu talento a fonte de sustento de suas famílias. Pessoas como a dona Marilac Moura, que faz parte do grupo Oportunidade de Renda Solidária (Oporsol), e que há 13 anos viu na Economia Solidária uma forma de aumentar a sua renda.

“Eu aprendi a bordar muito cedo. Em 2004 comecei a fazer parte de grupos de economia solidária. De lá para cá foram muitos desafios, mas também muitas realizações e continuamos na luta”, afirmou Marilac.

O Oporsol reúne artesãs do bairro Monte Castelo e faz parte da Rede de Mulheres Produtoras do Piauí. Além do grupo, outros quatro da Capital também estão integrados à Rede, somando um total de 30 produtoras de Teresina.

Bordados, crochês, bolsas, bonecas, costuras, kits sabonetes e muitos outros produtos são desenvolvidos e comercializados por esses grupos. De acordo com Márcia Regina, coordenadora da Rede de Mulheres Produtoras do Piauí, a parceria com a Secretaria Municipal de Economia Solidária (Semest) é muito importante para o trabalho que elas desenvolvem.

“A Semest pode nos ajudar na divulgação, na realização de feiras e até mesmo com consultorias para que os produtos sejam feitos com mais qualidade. O papel da Rede é justamente articular ações para apoiar os grupos, trabalhando a questão do empoderamento e ocupação de espaços políticos em conselhos e associações”, frisou Márcia.

Comentários