Saúde

Mulher chega envelhecer até 11 anos depois de dar luz

A idade celular em mulheres que foram mães aparentam mais idade do que mulheres que não se reproduziram
Fonte: Noticias ao Minuto | Editor: Redação 27/02/2018 12:04
Grávida GrávidaFoto: Capesesp

Várias são as alterações no corpo de uma mulher depois de dar à luz, mas um aspecto agora descoberto, que se baseou no estudo do DNA do sexo feminino, tem a ver com a idade das células que apresentam ser 11 anos mais aceleradas do que as de mulheres da mesma idade, publica a Science Alert.

A análise baseou-se na observação dos telômeros (extremidades dos cromossomos que ajudam a proteger a informação genética de se deteriorar com o tempo). É através dos telômeros que se pode identificar a idade de cada indivíduo a nível celular. Deste modo, doentes com câncer ou doenças cardíacas, por exemplo, apresentam telômeros mais curtos que os indivíduos saudáveis.

O que os pesquisadores não contavam encontrar é que também as extremidades de cromossomos de mulheres que foram mães são mais curtas que a de outras mulheres, numa equivalência de mais de uma década – valor um pouco superior ao envelhecimento celular causado pelo consumo de tabaco.

Segundo o estudo, o envelhecimento das células aumenta com o número de filhos com que a mulher conta, sendo o contraste maior no caso de mulheres que deram à luz cinco ou mais vezes. Contudo, os pesquisadores admitem não ter ainda descoberto a causa deste aspecto, mas apenas a presença da correlação agora anunciada, embora se especule como causa o estresse associado ao nascimento de um bebê.

Apesar da informação agora publicada, o estudo não pretende associar o dar à luz a algo negativo, de fato, acredita-se que a diminuição do telômero em mulheres que foram mães nunca desça dos 4,2% relativamente a outras mulheres

Comentários