Política

Novos secretários assumem no dia 2 de abril

Gestores que vão se candidatar a mandato eletivo têm que se afastar do cargo
Fonte: Paulo Pincel | Editor: Alinny Maria 12/03/2018 17:00
Governador do Piauí, Wellington Dias Governador do Piauí, Wellington DiasFoto: Paulo Pincel

O governador Wellington Dias anunciou para o próximo dia 2 de abril a data de posse dos novos secretários de Estado, que vão substituir os gestores que pretendem se candidatar a mandato eletivo em 7 de outubro próximo. O governador adiantou que esse assunto já está sendo tratado há dias.

“Já estamos tratando agora [da troca dos titulares dos cargos]. Estou dialogando e a meta é de no dia 2 de abril a gente fazer o ato de mudança para aqueles que já tomaram decisão de disputarem as eleições”, avisou.

Segundo determina a Lei nº 9.504/1997, os ocupantes de cargos no Executivo devem se desincompatibilizar até 7 de abril para se candidatar a mandato eletivo. No Governo do Estado, há pelo menos 20 cargos que vão mudar de comando.

São 11 os secretários que retornam à Assembleia Legislativa: Assistência Social e Cidadania, ZéSantana (MDB); Cidades, Fábio Xavier (PR); Cultura, Fábio Novo (PT); Defesa Civil, Hélio Isaías (PTB);Desenvolvimento Econômico e Tecnológico, Nerinho (PTB); Desenvolvimento Rural, Francisco Limma(PT); Fundação Hospitalar, Pablo Santos (MDB); Infraestrutura, Janaina Marques (PTB); MeioAmbiente, Ziza Carvalho (PDT); Trabalho e Emprego, Gessivaldo Isaías (PRB); e Turismo, FlávioNogueira Junior (PDT).

Também serão obrigados a deixar os cargos os deputados federais Rejane Dias (PT), Merlong Solano(PT) e Fábio Abreu (PTB), que voltam ao mandato na Câmara até 7 de abril, indicando seus respectivos substitutos nas secretarias de Educação, Governo e Segurança Pública.

Outros “novatos” vão deixar as pastas que exercem no Executivo para tentar um mandato noLegislativo, como o secretário de Administração, Franzé Silva, e o comandante-geral da PolíciaMilitar, coronel Carlos Augusto.

Comentários