Política

MPF-PI investiga destinação de R$ 15,8 milhões repassados ao HGV

Procurador da República Kelston Lages instaurou procedimento de acompanhamento
Fonte: MPF-PI | Editor: Paulo Pincel 13/12/2017 08:13
HGV HGVFoto: Ascom

O procurador da República Kelston Pinheiro Lages solicitou informações ao secretário de Saúde do Estado do Piauí, Florentino Neto sobre a destinação de R$ 15.817.315,55 transferidos pelo Fundo Nacional de Saúde - FNS ao Estado, em outubro de 2013, para aquisição de equipamentos e material permanente para estruturar o Hospital Getúlio Vargas.

O procurador da República Kelston Pinheiro Lages instaurou procedimento de acompanhamento nº 1.27.000.002720/2017-67, cujo objeto é apurar simultaneamente a responsabilidade na esfera da improbidade administrativa sobre as causas que levam à precariedade do atendimento dos serviços de saúde neurológica no estado e por conseguinte o sofrimento da população com a existência de filas de mortes e sequelas.

Para Kelston Lages, “Precisamos esclarecer para onde foram parar tais recursos e por que ainda não foram utilizados diante de uma situação tão caótica. Temos que ter atenção redobrada para o não desvio de finalidade de tais recursos, haja vista as dificuldades financeiras que passa o estado, e as ocorrências anteriores de tal prática, que levou a ex-gestores a responderem na justiça por tal ilícito”.

Ontem, houve uma audiência pública relacionada à Ação Civil Pública nº 1002178-69.2017.4.01.4000 tratando desses recursos.

Comentários