Polícia

Motorista de App vítima de perfuração no pescoço morre no HUT

A vítima passou 19 dias internado e a família resolveu doar os órgãos da vítima
Fonte: Redação Piauí Hoje | Editor: Alinny Maria 14/03/2019 10:57
Motorista de APP morre após 20 dias internado Motorista de APP morre após 20 dias internadoFoto: Arquivo pessoal/Divulgação

O motorista de aplicativo Alexandre Anderson Cardoso Cabral, de 34 anos, morreu na terça-feira (12) após passar 19 dias internado no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Alexandre sofreu uma perfuração de arma branca no pescoço e foi encontrado desacordado dentro do carro pela manhã no bairro Porto Alegre, zona Sul de Teresina.

A suposta arma do crime foi a chave de uma moto. Alexandre morreu em decorrência de complicações de um aneurisma. A família resolveu doar os órgãos, como os rins, córneas e fígado.

O sepultamento será na manhã desta quinta-feira (14), no cemitério Jardim da Ressurreição, na zona Sudeste de Teresina.

Suspeito preso

No mesmo dia do crime, dia 21 de fevereiro, Lucas Rafael de Moraes Lustosa, 26 anos, foi preso após ser identificado através de imagens de câmeras de segurança de um posto de combustível onde o carro de Alexandre foi encontrado.

Para a polícia, Lucas Rafael disse que cometeu o crime porque Alexandre estava o ameaçando. A vítima e o suspeito se conheciam e tiveram uma discussão por causa de dinheiro, segundo o delegado Ricardo Moura Lemos, titular do 23º Distrito Policial.

Motivo do crime

Conforme o depoimento do suspeito, ele estava devendo dinheiro para a vítima, e então a vítima começou a cobrá-lo. No dia do crime, Lucas Rafael disse que estava bebendo com os amigos e Alexandre passou perto e parou. Lucas se aproximou do carro da vítima e os dois tiveram uma briga, momento em que Alexandre acabou ferido com uma arma branca. O crime ocorreu por volta de 1h40 da madrugada.

Já na manhã do dia 21, às 8h, Alexandre foi encontrado dentro de seu carro por frentistas do posto de combustível. Ele foi levado para o HUT em uma ambulância e devido a perda de sangue, teve um AVC hemorrágico no dia do crime.

Comentários

Apoio: