Polícia

Morre um dos maiores criminosos da região litorânea do Piauí

Alex é um dos gêmeos do crime
Fonte: Mailson Marques - Direto de Parnaíba | Editor: Alinny Maria 26/02/2018 09:00
Alex, um dos gêmeos do crime Alex, um dos gêmeos do crimeFoto: Reprodução

Um dos maiores criminosos da região litorânea do Piauí, Alex dos Santos Nunes, mais conhecido como ‘gêmeo do crime’, morreu na noite desse domingo (25) no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), em Parnaíba, após dois dias internado. Alex foi baleado durante troca de tiros com a Polícia e morreu em decorrência de falência múltipla dos órgãos.

O gêmeo do crime foi atingido no abdômen e no antebraço direito, passou por cirurgia e não resistiu aos ferimentos, falecendo às 19h05. Ele perdeu um rim, parte do fígado e teve o estômago atingido. Após a cirurgia foi para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) onde se encontrava ainda em estado grave.

Alex era foragido do sistema prisional desde o início de 2017 e suspeito de vários homicídios, além de envolvimento em tráfico de drogas e vários outros delitos. O irmão gêmeo, Alan dos Santos Nunes, também possui uma extensa ficha criminal e permanece preso. A população esteve presente na frente do hospital a fim de verificar a veracidade da informação de sua morte.

População vai ao hospital verificar se Alex morreu

Alex foi baleado durante uma operação policial denominada “Geminus”, promovida pela Delegacia de Homicídios, Tráfico de Drogas, Latrocínio – DHTL e o Núcleo de Inteligência da Planície Litorânea NI-PHB e apoio de demais órgãos ligado a segurança publica do Estado do Piauí. O gêmeo e um comparsa conhecido como Pertubinha (Ricardo Pereira de Souza), trocaram tiros com a polícia e o comparsa veio a morreu no local, já o Alex foi socorrido e participou de um procedimento cirúrgico de cerca de 6 horas.

População vai ao hospital verificar se Alex morreu

Comentários