Municípios

Minha Casa Legal pretende regularizar 186 imóveis em Pedro II

A Emgerpi pretende beneficiar 774 famílias com a ação.
Fonte: Governo do Estado | Editor: Redação 12/06/2017 13:54
Atendimento a mutuários em Pedro II Atendimento a mutuários em Pedro IIFoto: Ascom Emgerpi

Os mutuários do município de Pedro II recebem, nesta segunda-feira (12), atendimento no Escritório Itinerante do Programa Minha Casa Legal, instalado na cidade pela Empresa de Gestão de Recursos do Estado do Piauí (Emgerpi) para promover a regularização fundiária urbana e financeira dos imóveis construídos pela extinta Cohab-PI, Iapep e Ficam. O atendimento iniciou as 8h e segue até 17h, no Auditório do Instituto Federal do Piauí (IFPI), localizado na Rua Manoel Jorge da Cruz, nº 750, bairro Engenho Novo, em Pedro II.

A ação busca levar as orientações jurídicas necessárias aos moradores dos conjuntos Itamaraty, que possui 40 imóveis; do conjunto Santa Maria Alves, com 98 imóveis; e também para as pessoas que residem nas 48 unidades habitacionais construídas pelo Financiamento para Construção e Ampliação e Melhoria Habitacional (Ficam).

A ação da Emgerpi tem como finalidade beneficiar , de maneira mais cômoda, as 774 famílias mutuárias que ainda precisam promover a regularização fundiária urbana e financeira dos seus imóveis para que, desse modo, obtenham a titularidade definitiva das unidades habitacionais construídas pela Cohab-PI e Iapep.

Visitas domiciliares também estão sendo feitas durante todo o dia, nas residências daqueles mutuários que precisam atualizar os dados cadastrais. A equipe técnica da Emgerpi, que está in loco, informou que, nesta segunda, foi feita a entrega, no Cartório de Registro de Imóveis de Pedro II, da documentação final que faltava para registrar e averbar o conjunto Itamaraty.

O objetivo do itinerante também é apresentar aos 85 mutuários, que ainda possuem pendências financeiras, as facilidades de pagamentos que o Programa Minha Casa Legal está ofertando, incluindo os descontos de até 90% sobre juros e multas.

Segundo o diretor-presidente da Emgerpí, Ricardo Pontes, “a expectativa é fazer com que todos esses mutuários comparecem ao nosso escritório itinerante em Pedro II para que possam resolver pendências financeiras ou cadastrais para que, assim que os conjuntos forem averbados, eles já possam solicitar a liberação de hipoteca dos imóveis“, destacou o gestor, afirmando que nos dias 13 e 14 de junho o Programa Minha Casa Legal estará atendendo os mutuários de Piripiri.

Comentários