Política

Militares discutem reajuste salarial no TCE/PI e OAB/PI

O presidente do TCE-PI, Olavo Rebelo e o presidente da OAB-PI, Chico Lucas, reconheceram que a categoria necessita do aumento
Fonte: Icone Comunicação | Editor: Da Redação 18/11/2017 17:40
Reunião de trabalho Reunião de trabalhoFoto: Icone

Militares discutem reajuste salarial no TCE/PI e OAB/PI

O vereador R Silva (PP) e os presidentes das associações da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros estiveram reunidos nesta sexta-feira (17) com o presidente do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), conselheiro Olavo Rebelo, e com o presidente da OAB-PI, Chico Lucas,para discutir sobre o reajuste de salário da categoria de 2017 a 2020.

De acordo com o vereador, nas duas reuniões foi discutido sobre o reajuste salarial dos militares, que há três anos não recebem aumento, além de dados e testemunhos que foram apresentados sobre a falta de profissionais nas corporações e as dificuldades estruturais.

“Nós fizemos uma exposição de motivos, discutimos uma pauta de reajuste salarial para a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros. Deixamos documentos comprovando que nós temos uma defasagem salarial de mais de três anos e informamos que o governador e o secretário de Fazenda e Administração interromperam o canal de negociação. Por isso nós recorremos aos órgãos para que possam mediar as audiências que ainda irão acontecer. Foi a maneira que encontramos para que o governador receba a categoria e conceda o reajuste”, declarou o vereador.

O presidente do TCE-PI, Olavo Rebelo e o presidente da OAB-PI, Chico Lucas, reconheceram que a categoria necessita do aumento e se dispuseram a enviar representantes para as próximas reuniões. Os militares, acompanhados do vereador R.Silva (PP), participarão ainda de uma audiência no Tribunal de Justiça do Estado do Piauí na próxima semana.

Comentários