Geral

Metade dos homicídios praticados em 2011 em Picos não foi solucionada

assassinatos picos pistolagem sem solução
Fonte: riachaonet 05/01/2012 13:43 - Atualizado em 30/08/2016 12:12
O número de homicídios registrados pela Delegacia Regional da Polícia Civil de Picos indica que a região está cada dia mais violenta: foram 23 crimes dessa natureza apenas em 2011. Desse total, 14 ocorreram na cidade de Picos.

O aumento em relação ao número de mortes por assassinato ocorridas no município em 2010 é pequeno, três casos a mais. A principal preocupação, no entanto, é forma como os homicídios foram praticados: sete casos apresentam características de “pistolagem”, e até o momento nenhum deles foi solucionado.

O delegado regional Everton Férrer explica que “crimes de pistolagem” são aqueles cometidos por “dois elementos que chegam numa moto, de capacete, disparam contra determinada pessoa e somem sem deixar rastros”.

“Esses crimes não são perfeitos, estamos trabalhando para colocar todas essas pessoas – mandantes e executores – atrás das grades. E estamos bem perto disso”, pontua Férrer. Segundo ele, os crimes já estão sob responsabilidade da Comissão de Investigação do Crime Organizado (CICO).

Mudanças para 2012
Para 2012, Férrer afirma que mudanças estruturais internas possibilitarão que os homicídios tenham uma “resposta mais rápida”, inibindo ações desse tipo na região.

Comentários

Matérias Relacionadas

Apoio: