Geral

Vigilante baleado em assalto a carro-forte tem morte cerebral

O ataque ao carro-forte da empresa Prosegur ocorreu na semana passada em Altos
Fonte: Redação Piauí Hoje | Editor: Alinny Maria 04/03/2018 08:17
Carro-forte destruído pela explosão Carro-forte destruído pela explosãoFoto: Reprodução

Os médicos decretaram a morte cerebral do vigilante da empresa de transporte de valores Prosegur, Carlos Henrique, que foi baleado na cabeça no dia 19 de fevereiro quando o carro-forte em que ele estava foi alvo de ação criminosa. Carlos Henrique está internado na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital particular.

O carro-forte seguia de Piripiri para Teresina e transportava mais de R$ 1 milhão quando um grupo de criminoso atacou o veículo no município de Altos, próximo a Campo Maior. O carro-forte era ocupado por quatro vigilantes, sendo que dois ficaram feridos. Os bandidos já chegaram atirando e explodiram o carro-forte.

No mesmo dia, houve outro ataque a carro-forte na BR-343, na localidade Estaca Zero, próximo a Alagoinha. Desta vez o veículo pertencia à empresa Cet-Seg e dois vigilantes também ficaram feridos.

A polícia acredita que os dois crimes podem ter sido praticado pela mesma quadrilha.

Comentários